Muitas pessoas injetam vitamina B12, mas sabem pouco sobre esta vitamina, os alimentos onde é obtida, quem pode estar em risco de ter deficiência, que a maioria das pessoas podem obtê-la a partir da sua dieta ou podem absorvê-la de uma pílula, e que devem consultar o médico antes de tomá-la. Continue lendo para se informar.

A vitamina B12, também conhecida como cianocobalamina tem um papel importante na formação das células vermelhas do sangue, funções neurológicas e o processo de síntese de ADN. A vitamina B12 geralmente pode ser encontrada como parte de um suplemento do complexo B, embora, obviamente, você possa ter acesso às fontes de vitamina B12 na dieta diária.

Se você é vegetariano ou vegan e não consome nenhum produto de origem animal, têm maior risco de ter deficiência de vitamina B12. Também está em risco se você pertence à terceira idade ou se você tiver problemas para absorvê-la no aparelho digestivo.

Onde se obtêm vitamina B12:

O corpo não produz a vitamina B12. Por essa razão, você deve consumir alimentos ricos em vitamina B12. Alguns desses alimentos são:

  • Fígado bovino.
  • Carne bovina.
  • Ovo.
  • Frango.
  • Peru.
  • Amêijoas.
  • Truta.
  • Salmão.
    Vitamina B12: Tudo o que Você Precisa Saber
  • Frutos do mar.
  • Cereais de caixa fortificados com vitamina B 12.
  • Iogurte ou produtos lácteos.

Para que Serve a Vitamina B12?

Embora a vitamina B12 apenas seja necessária para o organismo em pequenas quantidades, tem funções muito importantes. Algumas destas funções são as seguintes:

  • Formação de glóbulos vermelhos.
  • Crescimento celular.
  • Divisão celular.
  • Formação de ADN e ARN.
  • Formação de vagens das fibras nervosas (bainha de mielina).
  • Metabolismo do ácido fólico nas células.

Leia também: “Vitamina B12: Para que Serve a Vitamina B12?

A vitamina B12 também é responsável pelo metabolismo de um aminoácido potencialmente perigoso para o sistema cardiovascular, a homocisteína. A vitamina B12 ativa a conversão de homocisteína em outro aminoácido chamado metionina e, portanto, reduz a concentração de homocisteína no sangue. Através deste mecanismo, a vitamina B12 protege o sistema cardiovascular e ajuda a prevenir doenças cardiovasculares.

A vitamina B12 contribui para a saúde do sistema nervoso central e do cérebro. É necessário para a produção de diversos neurotransmissores, particularmente a serotonina, um neurotransmissor ligado ao estado de ânimo.

E se Você tem Deficiência de Vitamina B12?

Você poderia desenvolver anemia, fadiga, seu nível de homocisteína poderia cair. Em casos mais graves, poderia causar diarreia, falta de ar e dormência nas pontas dos dedos das mãos e pés e danos nas terminações nervosas. Vários estudos têm encontrado uma ligação entre os baixos níveis de vitamina B12 e a esquizofrenia, a perda de memória e a deterioração cognitiva.

A maioria das pessoas obtém suficiente vitamina B12 da sua alimentação. A exceção são as pessoas de 50 anos ou mais. 10% a 30% das pessoas neste grupo se beneficiam de um suplemento.

Leia também: “Deficiência de Vitamina B12: Sintomas de Deficiência de Vitamina B12“.

Quem mais Poderia se Beneficiar de um Suplemento de Vitamina B12?

As pessoas que tomam certos medicamentos poderiam se beneficiar de tomá-la. Entre elas, os que tomam medicamentos que bloqueiam a acidez estomacal (como Prilosec, Prevacid, Nexium, Zantac, Pepcid, etc.); os que tomam medicamentos para tratar a epilepsia (como Dilantin); medicamentos para diabetes (como Metformina) ou quimioterapia (como Metotrexato), entre outros.

Como em todos os casos, embora seja vendido sem receita médica, sempre consultar o seu médico antes de tomar suplementos. E, exceto nos casos de uma doença chamada anemia perniciosa (que é bastante rara) em que a pessoa não pode absorver a vitamina B12 no estômago e o médico terá que administrar esta vitamina injetada, geralmente é possível tomar em forma de pílula.