Remédios naturais para o tratamento da diabetes

Chamamos diabetes o grupo de doenças metabólicas que afeta a maneira como o nosso organismo usa o açúcar no sangue (glicose).

De acordo com a "Federação Internacional de Diabetes", atualmente, existem aproximadamente 387 milhões de pessoas que sofrem com diabetes em nosso planeta, dos quais, 90% sofrem de diabetes tipo 2. Existem 3 tipos de diabetes: tipo 1, tipo 2 e diabetes gestacional.

Diabetes tipo 1: O pâncreas não produz suficiente insulina. A causa exata é desconhecida, mas existem vários fatores que favorecem o seu desenvolvimento (genética, exposição a determinados vírus, deficiências de vitamina D).

As 10 Melhores Ervas e Especiarias Medicinais Para Tratar a Diabetes

Diabetes tipo 2: Ocorre quando as células não respondem adequadamente à insulina. Entre os fatores que aumentam o risco de contrair diabetes tipo 2, os mais comuns são a obesidade, o excesso de gordura abdominal, um estilo de vida com pouca atividade, genética, idade, pressão arterial alta, colesterol elevado, alto os níveis de triglicérides...

Diabetes gestacional: A diabetes gestacional afeta apenas as mulheres durante a gravidez.

Os sintomas mais frequentes por trás de um alto nível de açúcar no sangue incluem: micção frequente, aumento da sede e fome, perda de peso inexplicável, cansaço, infecções frequentes e cicatrização lenta.

Além dos medicamentos que pode nos prescrever o médico, também existem remédios naturais em forma de ervas e especiarias (principalmente) que podem nos ajudar tanto a aliviar esses sintomas como a controlar os níveis de açúcar no nosso sangue.

As 10 Melhores Ervas e Especiarias Medicinais Para o Tratamento da Diabetes

1. Canela A canela contém compostos bioativos que estimulam a insulina, além de nos ajudar a reduzir os níveis de açúcar no sangue. A canela é especialmente recomendada para pessoas com diabetes tipo 2.

Você pode tomar de 1 a 2 gramas de canela diariamente em forma de chá ou infusão. Também podemos polvilha-la sobre as nossas refeições ou inclusive usá-la para cozinhar.

Outra opção é tomar suplementos de canela. Se preferir tomá-la em forma de suplemento, é aconselhável consultar um médico sobre a dosagem apropriada para sua condição.

Nota: Se você toma algum tipo de medicamento anticoagulante, não é aconselhável tomar canela.

2. Gengibre O gengibre tem propriedades antidiabéticas, hipolipemiantes e antioxidantes, que são benéficas no controle dos níveis de açúcar no sangue. O gengibre também pode melhorar a nossa sensibilidade à insulina, reduzir a oxidação, e até mesmo melhorar os níveis de colesterol. Também ajuda a perder peso.

Um estudo sobre terapias complementares publicado em uma revista médica constatou que o consumo diário de 3 cápsulas de 1 grama de gengibre por dia durante 8 semanas resultou benéfico para pacientes com diabetes tipo 2.

Tome 2-3 xícaras de chá de gengibre por dia.

Incorpore gengibre fresco e/ou seco em suas receitas.

Outra opção é tomar o gengibre na forma de suplemento, depois de consultar um médico.

3. Cúrcuma A cúrcuma tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes que ajudam as pessoas com diabetes a controlar os níveis de açúcar no sangue, reduzindo assim as complicações que podem trazer consigo esta doença.

Estudos realizados têm demonstrado o importante papel que pode desempenhar a cúrcuma no tratamento de diabetes e outros transtornos associados. Também tem sido demonstrado que é muito benéfico no momento de controlar problemas associados aos rins causados pela diabetes.

Incorpore cúrcuma crua ou em pó a sua cozinha.

Tome um suplemento (depois de consultar um médico).

Leia também: "Cúrcuma: Benefícios Para a Saúde".

4. Alho. O alho também ajuda as pessoas com diabetes a manter níveis saudáveis de açúcar no sangue. Graças às suas propriedades antidiabéticas e hipolipemiantes. Também contém compostos de enxofre que protegem contra o dano oxidativo e o colesterol elevado.

Tome 2-3 alhos crus por dia com o estômago vazio

Incorpore o alho a sua cozinha ou tome um suplemento após ter consultado um médico.

5. Feno-grego. O feno-grego é uma erva que pode ser utilizada para controlar a diabetes, melhorar a tolerância à glicose e reduzir os níveis de açúcar no sangue, devido à sua atividade hipoglicêmica. Além disso, também estimula a secreção de insulina dependente da glicose.

Por ser rico em fibras também diminui a absorção de carboidratos e açúcares.

Mergulhe 2 colheres de sopa de sementes de feno-grego em água durante a noite. Beba a água junto com as sementes pela manhã com o estômago vazio. Siga este remédio durante alguns meses para reduzir a glicose no sangue.

Outra opção é tomar 2 colheres de sopa de sementes de feno-grego em pó diariamente em um copo de leite.

Leia também: "Feno-Grego: Remédios Caseiros com Feno-Grego".

6. Aloe vera. O gel de aloe vera ajuda a reduzir os níveis de açúcar no sangue. Contém fito esteróis que tem propriedades hipoglicemiantes. Além disso, seu alto teor de fibra ajuda o organismo a utilizar a glicose de forma eficaz e eliminar assim o excesso de açúcar no sangue.

Tome um copo de suco de aloe vera preparado com 2 colheres de sopa de gel de aloe duas vezes por dia para ajudar a regular o fluxo de insulina e reduzir os níveis de glicose no sangue de forma natural. Também podemos aplicar o gel de forma externa sobre infecções na pele para reduzir a inflamação e irritação.

A outra opção é tomar aloe vera em forma de suplemento (depois de ter consultado um médico).

7. Ginseng coreano. O ginseng coreano é bom em controlar os níveis de açúcar no sangue após as refeições. Também aumenta a sensibilidade à insulina e ajuda a metabolizar os carboidratos.

Beba 1-2 copos de chá de ginseng por dia.

Alternativamente, podemos tomar 1-3 cápsulas de 500 mg de ginseng por dia durante dois meses (mas somente após ter consultado um médico).

Nota: As pessoas que tenham problemas hormonais ou relacionados devem evitar esta erva.

8. Orégano. O orégano é outra erva que pode ajudar a prevenir e tratar os níveis elevados de açúcar no sangue. Os polifenóis e flavonoides no orégano também ajudam a combater a inflamação.

Adicione algumas gotas de óleo de orégano em um copo de água ou suco e tome uma vez por dia.

Alternativamente, podemos tomar uma xícara de chá de orégano por dia.

Também podemos polvilhar orégano seco em nossas saladas e sopas.

9. Folhas de curry. Vários minerais dentro da folha de curry ajudam a manter os níveis normais de glicose no sangue. Além disso, influencia positivamente no metabolismo dos carboidratos.

Mastigue várias folhas de curry por dia pela manhã com o estômago vazio.

Também podemos adicionar folha de curry em pó em nossas saladas e sopas.

10. Folhas de manga. As folhas delicadas e sensíveis da manga podem ser usadas para tratar à diabetes, já que regulam os níveis de insulina no sangue.

Mergulhe 10-15 folhas de manga em um copo de água durante a noite. Pela manhã filtre a água e beba com o estômago vazio.

Também podemos secar as folhas na sombra e esmagá-las. Tome meia colher de chá de pó de folha de manga 2 vezes ao dia.

Para mais informações sobre como controlar a diabetes de forma natural, recomendamos a leitura do artigo "Principais Verduras Para Prevenir Diabetes".

Atenção, as sugestões encontradas nesse artigo não possuem base científica comprovada, sendo assim não devem ser substituídas, em hipótese alguma, por um tratamento médico convencional e/ou ao seguir essas sugestões, os sintomas ou condições a que esse artigo se propõem ajudar podem se agravar.