O Que é Bronquite Crônica?

É uma inflamação crônica das vias aéreas brônquica que provoca tosse e expectoração purulenta durante pelo menos três meses por ano para mais de dois anos. Comumente associado com fumantes.

Causas

• Tabagismo.

• Poluição do ar.

• Profissão: mais comum em mulheres expostas à poeira ou gases nocivos.

• Infecção: ataques repetidos de bronquite aguda.

• Família e fatores genéticos, tabagismo passivo.

Sintomas

• Espasmos de tosse crônica ou tosse.

• Falta de ar.

• Muco espesso e dificuldade de tossir.

• Produção de escarro varia de acordo com a presença ou ausência de infecção.

Leia também: “Remédios Caseiros Para Bronquite“.

Prevenção

• O mais importante: não fumar. Este risco é reversível.

• Evitar gases irritantes para a atmosfera.

• Procure imediatamente assistência médica para as infecções respiratórias.

• Evitar o fumo passivo.

Diagnóstico e Tratamento

Diagnóstico: o diagnóstico é feito através do histórico clínico, tosse e expectoração por mais de três meses a um ano, dois ou mais anos.

É conveniente realizar radiografias de tórax para descartar doença de base e ter um ponto de referência para o futuro.

Bronquite Crônica

Muitas outras doenças pulmonares causam sintomas idênticos aos da bronquite crônica. São necessários exames médicos para excluir essas possibilidades ao fazer um diagnóstico.

Tratamento: não tem cura mas o tratamento pode aliviar os sintomas e prevenir complicações.

PARAR DE FUMAR: este é o principal tratamento.

Se você trabalha ou vive em uma área com lotes da poluição do ar, todos os esforços para evitar ou reduzir o nível de poluição. Considere mudar de emprego e/ou instalar o filtro de ar condicionado e controle de umidade em casa.

Evite mudanças bruscas de temperatura ou exposição ao tempo frio e úmido.

Medicação: frequente de exames médicos.

Antibióticos prescritos pelo médico, para combater infecções crônicas ou recorrentes.
Expectorantes para soltar secreções. Um dos melhores é a água, o hábito do chá herbal quente.
Broncodilatadores para abrir os brônquios. O seu médico irá prescrever a medicação para tratar a depressão ou ansiedade severa possível.

Atividade: é importante seguir uma rotina regular de exercícios, já que a inatividade prolongada leva à deficiência excessiva.

Dieta: não precisa seguir uma dieta específica. Aumente a ingestão de líquidos.

Leia também: “Bronquite: Os Sintomas Da Bronquite“.

Possíveis Complicações

Pneumonia recorrente.
Doença pulmonar obstrutiva crônica que é incurável. É caracterizada por dificuldades respiratórias crônicas, lábios e unhas ficam azuis e consequente necessidade de oxigênio suplementar.

Prognóstico

A bronquite crônica é geralmente controlada por tratamento, desde que você não seja um fumante e não sofra de uma doença crônica subjacente, como insuficiência cardíaca congestiva, bronquiectasia e tuberculose.

A bronquite crônica geralmente reduz a expectativa de vida se você fuma.

Pode causar na fase terminal da DPOC, problemas cardíacos, cansaço e resistência dos pulmões para o fluxo de sangue. Embora em si não predispõem à bronquite crônica ao câncer de pulmão, o fator desencadeante mais importante é o fumo.