Cálculos Biliares: O Que É, Sintomas, Causas E Prevenção

Os cálculos biliares são depósitos endurecidos de fluídos digestivos que se formam na vesícula biliar. Este é um pequeno órgão que tem uma forma ovalada, que se assemelha a uma pera.

A vesícula está localizada no lado direito do abdômen, sob o fígado. A vesícula é responsável de levar a bílis, um líquido digestivo, para o intestino delgado.

O tamanho dos cálculos biliares é diverso. Alguns são do tamanho de um grão de areia, outros, no entanto, são do tamanho de uma bola de ping pong.

Você Tem Algum Sintoma de Cálculos Biliares?

Os cálculos biliares podem ser assintomáticos. Mas quando bloqueiam um ducto biliar é quando ocorrem os sintomas. Estes podem ser:

Cálculos Biliares: O Que É, Sintomas, Causas e Prevenção
  • Dor abdominal intensa e repentina na parte direita do abdômen ou abaixo do esterno. Sente-se como se fosse golpeado nas costelas.
  • Dor nas costas entre as omoplatas.
  • Dor intensa no ombro direito.
  • A pele e a parte branca dos olhos pode se tornar amarela.
  • Às vezes o paciente também tem febre e calafrios.

A dor que produz os cálculos biliares é muito irregular. Às vezes, podem durar alguns minutos e outras várias horas. Se você apresenta algum destes sintomas, deve consultar um profissional, dessa maneira evitará possíveis complicações.

Causas Pelas Quais Aparecem os Cálculos Biliares

Desconhece-se qual é a origem desta doença, os médicos acreditam que os cálculos biliares ocorrem quando:

  • Se tem uma bílis com elevado colesterol. A bílis contém substâncias químicas que dissolvem o colesterol que excreta o fígado. Mas se o fígado excreta mais colesterol do que é possível dissolver, se formam os cristais, e estes se tornam pedras.
  • A bílis contém muita bilirrubina, esta é uma substância química que se produz quando o corpo decompõe os glóbulos vermelhos. Existem certas condições que fazem com que o fígado produza um excesso de bilirrubina. Por exemplo, infecções do trato biliar, cirrose hepática ou infecções no trato digestivo.
  • A bexiga não se esvazia adequadamente, neste caso, a bílis pode se concentrar e em seguida se transformar em cálculos biliares.

Tipos de Cálculos Biliares

Existem diferentes tipos de cálculos que se formam na vesícula biliar, estes são:

De colesterol: é o tipo mais comum de cálculos biliares que existe. São formados pelo colesterol não dissolvido, são de cor amarela, embora possam ter também outros componentes.

De pigmento: ocorre por excesso de bilirrubina na bile, podem ser de cor preta ou marrom escuro.

Como Diagnosticar os Cálculos Biliares?

Os testes que se realizam para a detecção desta patologia são:

Diagnóstico por imagens: é feito através de um ultrassom abdominal complementado por uma tomografia computadorizada.

Testes de ductos: estes testes são feitos por meio de um contraste. Este ressalta os ductos biliares em imagens, o que ajuda os médicos a determinar se um cálculo biliar está bloqueando algum duto. Esses tipos de testes podem incluir uma ressonância magnética, ou colangiopancreatografia retrógrada endoscópica. Utilizando este procedimento, os cálculos podem ser removidos no momento.

Exames de sangue: estes são extremamente úteis para o médico, porque não apenas permitem buscar por obstruções, mas também as complicações que estas causam ao paciente. Doenças tais como pancreatite, icterícia, infecções, podem ser causadas por cálculos biliares. É por isso que diante de qualquer um dos sintomas acima referidos, você deve consultar um profissional.

Leia também: "Cálculos Biliares – Remédios Caseiros para Cálculos Biliares".

Prevenir o Aparecimento de Cálculos

Para estar saudável e não ter complicações de saúde, o melhor é a prevenção. Então, te contamos como você pode prevenir os cálculos biliares.

  • Faça todas as refeições correspondentes sem pular nenhuma. O jejum ou pular refeições constantemente, alguma das refeições principais, como café da manhã, almoço, lanche e jantar pode aumentar o risco de que se produzam cálculos biliares.
  • Quando você segue uma dieta, deve perder peso de forma gradual e lenta. Perder peso de forma rápida aumenta o risco de formar cálculos biliares.
  • Mantenha um peso saudável, o sobrepeso e a obesidade são dois fatores que, entre outras coisas, aumentam o risco de desenvolver cálculos biliares. A atividade física e uma dieta saudável te manterão a salvo de sofrer esta doença.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto