O Que é Câncer do Ovário?

Proliferação maligna no ovário, que pode se espalhar para outras partes do corpo, que pode ser letal.

Afeta um ou ambos os ovários. Pode se espalhar para os pulmões e ossos.

Mulheres de qualquer idade, mas é mais comum em mulheres com mais de 50 anos.

Causas

Desconhecidas.

Sintomas

Em geral, não há sintomas até que o tumor se desenvolva. Os primeiros sintomas:

• Leve desconforto no abdômen inferior.

• Menstruação irregular.

Os sintomas tardios:

• Rouquidão.

• Crescimento excessivo de pelos.

• Perda de peso inexplicada.

• Abdômen inchado, duro e por vezes dolorido.

• Dor durante a relação sexual.

• Anemia.

Fatores de Risco

Desconhecidos.

Prevenção

Submeter-se anualmente exames ginecológicos, que oferecem a melhor oportunidade de detecção precoce e cura.

Procure seu médico se:

• Têm sintomas de um tumor de ovário.

• O seguinte ocorrer após a cirurgia: aumento da dor, inchaço, vermelhidão ou drenagem da ferida. Dor ou inchaço na perna.

• Os sintomas de infecção tais como febre, calafrios, dor de cabeça ou dores musculares.

Diagnóstico e Tratamento

Precauções Saúde:

O tratamento médico. A cirurgia para remover o câncer de ovário e outras áreas afetadas, como as trompas, útero e, às vezes, o outro ovário.
Tratamento de radioterapia ou quimioterapia.
Psicoterapia e aconselhamento.

Medidas gerais:

Explicação da cirurgia e cuidados pós-operatórios.

Medicação:

Seu médico pode prescrever:

Analgésicos.
Hormônios femininos até a menopausa.

Atividade:
Não há restrições após a recuperação da cirurgia.

Dieta:
Comer normalmente, bem equilibrada, rica em proteínas para ajudar a reparar os tecidos.

Diagnóstico:
Sua própria observação dos sintomas.
História clínica e exame físico por um médico.
Os exames de sangue.
Ultra-sonografia do abdômen.
Raio X do abdômen.
As técnicas cirúrgicas de diagnóstico, como colposcopia e laparoscopia.

Possíveis Complicações

Morte por câncer: se espalhou para outras partes do corpo.

Prognóstico

Em 25% ou 50% das mulheres com câncer de ovário sobrevivem pelo menos 5 anos após o tratamento.