Ciclotimia: Muito Mais Do Que Um Estado De Ânimo

Ter altos e baixos emocionais é normal em todas as pessoas. No entanto, quando se tornam recorrentes e cíclicos, pode se tratar de ciclotimia, uma doença do tipo bipolar que pode afetar o seu funcionamento diário. Aqui te contamos do que se trata e quais são os seus sintomas.

Se um dia você acorda se sentindo o rei ou a rainha do mundo e depois de alguns dias você sente que não gosta de nada e está triste, é provável que sofra de um transtorno ciclotímico ou ciclotimia. Esta é uma forma leve de transtorno bipolar que se caracteriza por episódios alternados de mudanças no estado de ânimo, que vão de uma depressão leve ou moderada até a hipomania (euforia e excitação).

Ao contrário do transtorno bipolar (também conhecido como doença maníaco-depressiva ou depressão maníaca), as mudanças no estado de ânimo, enquanto são irregulares e abruptas, não chegam a ser tão severas e extremas: os momentos depressivos não chegam a se converter em uma depressão maior e os momentos de hipomania não chegam a ser mania (em que se pode perder o controle sobre o comportamento e, por exemplo, sair para gastar muito, se envolver em atividades sexuais de risco ou tomar drogas e desconectar-se da realidade).

Ciclotimia: Muito Mais do Que um Estado de Ânimo

Estes últimos períodos estão cheios de energia e, enquanto que para algumas pessoas são uma fonte de produtividade, para outras as torna impulsivas e despreocupadas com os sentimentos dos outros, o que pode prejudicar as relações interpessoais.

Os sintomas de ciclotimia são muito semelhantes aos da doença bipolar, mas são menos graves e duram menos do que no caso de sofrer de bipolaridade. Além disso, tampouco perdem contato com a realidade, o que, sim, acontece com aqueles que sofrem de transtorno bipolar. Preste atenção aos seguintes sintomas, uma vez que a ciclotimia pode evoluir e se converter em transtorno bipolar.

Hipomania ou episódios de extrema alegria ou euforia:

  • Alegria incomum e excessiva.
  • Otimismo extremo.
  • Autoestima muito elevada.
  • Falar muito rápido.
  • Comportamento hostil ou agressivo.
  • Desconsideração com os outros.
  • Aumento da atividade física ou exercício.
  • Comportamentos compulsivos, como fazer compras e gastar muito dinheiro.
  • Aumento do desejo sexual.
  • Atração por atividades arriscadas.
  • Problemas para dormir e se concentrar.

Fase depressiva:

  • Tristeza.
  • Desespero.
  • Pensamentos ou ações suicidas.
  • Culpa.
  • Ansiedade.
  • Perda de interesse em atividades.
  • Problemas para dormir.
  • Problemas com apetite.
  • Irritabilidade.
  • Dor crônica sem causa aparente.

Em geral, a ciclotimia costuma aparecer na adolescência ou no início da idade adulta e é difícil de detectar. Com o tempo, pode progredir até se converter em transtorno bipolar. Na verdade, muitas vezes se detecta somente quando isso acontece. Entre os sintomas mais proeminentes desta condição se encontram episódios alternados de hipomania e depressão leve, durante pelo menos 2 anos. Esses períodos podem durar dias ou semanas, e inclusive a pessoa pode estar emocionalmente estável, entre um período e outro. Estes períodos em que a pessoa se encontra estável, em algumas pessoas, pode durar mais do que um mês.

Existem pessoas com sintomas moderados, muito bem sucedidas na vida, devido ao fato de que utilizam sua hipomania para desenvolver e expressar seus talentos. Por outro lado, a depressão e irritabilidade crônica podem arruinar a vida pessoal, social e profissional de outras. Por isso, quando as mudanças de ânimo afetam negativamente alguém, é o momento de procurar o médico e pedir aconselhamento profissional. Existem vários tratamentos que podem ajudar as pessoas a se manterem estáveis. É importante consultar um especialista.

Para informações sobre o transtorno bipolar, não deixe de ler o artigo "Transtorno Bipolar – O Que é e Quais São os Tipos de Transtorno Bipolar".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto