Quer saber como tratar a asma em crianças? Estamos diante de uma doença pulmonar crônica que inflama e estreita as vias respiratórias, causando períodos recorrentes de chiado, aperto no peito, dificuldade para respirar e tosse, que se produz muitas vezes de noite ou no início da manhã. Afeta pessoas de todas as idades, mas normalmente começa na infância.

Tratamento Para a Asma em Crianças:

Os objetivos quanto ao tratamento para a asma em crianças compreendem os seguintes pontos:

  • Evitar que o seu filho tenha sintomas crônicos e incômodos.
  • Manter os pulmões do seu filho, o mais próximo possível da normalidade.
  • Permitir que seu filho mantenha os níveis normais de atividade física, incluindo exercícios.
  • Evitar ataques de asma recorrentes e reduzir a necessidade de atendimentos de emergência.
  • Fornecer medicamentos ao seu filho que proporcionem os melhores resultados com poucos efeitos colaterais.

Os medicamentos que estão disponíveis se dividem em duas categorias gerais:

Medicamentos de administração diária que se destinam ao controle da asma em longo prazo e reduzir a frequência dos ataques de asma e pode incluir corticosteroides inalados como a budesonida e fluticasona e antagonistas dos leucotrienos.

Medicamentos que proporcionam alívio imediato dos sintomas e incluem os bronco dilatadores de curta duração, tais como levalbuterol. Os corticosteroides sistêmicos, como a prednisona e prednisolona administrados por via oral, são muitas vezes utilizados com bronco dilatadores durante os ataques de asma em crianças.

Leia também: "Como Controlar a Asma".

Plano de Tratamento da Asma em Crianças:

1. Identificação e controle dos desencadeantes da asma. Os fatores desencadeantes são aqueles que irritam as vias respiratórias e causam os sintomas da asma, como fumaça de cigarro, alérgenos, como poeira, ácaros e pelos de animais, infecções virais e irritantes, como perfumes fortes, exercício, respirar ar frio e mudanças climáticas.

2. Prever os ataques de asma. Os pacientes com asma têm uma inflamação crônica das vias aéreas e tendem a contrair ou estreitar cada vez que estão expostos a um gatilho, como uma infecção ou um alérgeno.

Algumas crianças com asma podem ter uma maior inflamação nos pulmões e vias respiratórias e sua respiração pode parecer normal, mas sofrem de chiados, quando suas vias respiratórias estão realmente estreitas e inflamadas, tornando-os vulneráveis ​​a sofrer um ataque. Para avaliar melhor a respiração de uma criança e determinar o risco de um ataque de asma, são uteis os testes respiratórios.

3. Prescrição de medicamentos. Existem duas categorias principais de medicamentos para tratar a asma:

  • Medicamentos de alívio rápido ou medicamentos de resgate.
  • Medicamentos preventivos de longo prazo ou medicamentos de controle.

4. Controle das crises de asmáticas e seguir um plano de ação contra a asma. O médico deve fornecer um plano passo a passo, por escrito, explicando exatamente o que fazer se uma criança tem um ataque de asma, e isso é diferente para cada criança. Ao longo do tempo, as famílias aprendem a reconhecer quando começar o tratamento cedo e quando chamar o médico para obter ajuda.