O Que São Convulsões Febris?

Convulsões causadas por um rápido aumento na temperatura e caracterizado por falhas de consciência e espasmos musculares incontroláveis.

Idade: Afeta bebês e crianças pequenas, que ainda não têm maduro o sistema nervoso central (até dois anos ou mais).

Causas

Febre súbita por qualquer causa, com inexplicável irritabilidade do sistema nervoso central em algumas crianças.

Sintomas

Geralmente, uma infecção anterior com convulsões febris, embora às vezes as convulsões apareçam em primeiro lugar.

Os sintomas incluem:

• Perda de consciência.

• Violentos movimentos dos braços, pernas ou rosto que duram 2 a 3 minutos.

• Perda de controle da bexiga e do intestino.

• Irritabilidade.

Fatores de Risco

Infecções consecutivas.

Leia também: “Saiba Mais Sobre Convulsões em Crianças E O Que Fazer“.

Prevenção

Quando é uma febre em uma criança que teve uma convulsão febril antes, implemente de imediato medidas para reduzir a febre (ver medidas gerais).

Diagnóstico e Tratamento

Diagnóstico: Histórico e exame físico por um médico.
Exame de sangue ou fluído espinhal.

Medidas gerais: Durante o espasmo, deixe a criança longe objetos potencialmente perigosos.
Tome nota dos detalhes para conversar com o seu médico. Os relatórios devem incluir o seguinte:

Convulsões Febris

Quando isso começou?

Os mesmos movimentos dos membros de ambos os lados do corpo são iguais ou um lado é mais agitado do que o outro?

Quanto tempo durou a crise? Seu filho dormiu após essa crise? Quanto tempo?

O espasmo foi repetido após um intervalo?

As respostas vão ajudar o seu médico decidir se o espasmo foi uma convulsão febril ou uma crise desencadeada pela febre.

Após o ocorrido, tente reduzir a febre. Para fazer isso:

• Dê alguns antitérmicos, como paracetamol ou aspirina.

• Aplique compressas embebidas em água fria ou álcool.

• Mergulhe o seu filho em um banho frio (não gelado).

Medicação: Seu médico pode prescrever medicamentos anticonvulsivantes como fenobarbital, para evitar a recorrência. Alguns médicos recomendam a medicação após a primeira crise, muitos só recebem tratamento se houver repetição. Anticonvulsivantes só são eficazes se tomados todos os dias por um número considerável de anos.

Atividade: Manter a criança deitada na cama até que a febre passar e houver a cura da doença primária.
Então retorne gradualmente às atividades normais.

Dieta: Após o ocorrido, dar à criança fluído extra, incluindo a água ou chá e sucos de frutas.

• Informe o seu médico se: uma lesão ocorrer durante o espasmo.

• A causa da febre não remeter dentro de 3 dias.

• O bebê fica azul durante o ataque.

Possíveis Complicações

• Lesão física durante uma convulsão.

• Lesão cerebral depois de repetidas crises convulsivas.

Prognóstico

Apesar de sua aparência horrível, uma convulsão causada exclusivamente pela febre em uma criança geralmente não é levada a sério. No entanto, deve se ter em conta a possibilidade de outras razões. Se a primeira crise ocorrer em uma criança com menos de 5 meses pode ser necessário exame neurológico e outros exames.

Para mais informações, não deixe de ler o artigo “Convulsões | Cuidados A Serem Tomados Em Casos De Convulsão“.