Dez Sinais E Sintomas Do Câncer De Pulmão Que Não Devem Ser Ignorados

O câncer de pulmão é o segundo câncer mais diagnosticado tanto em mulheres como em homens nos Estados Unidos, e um dos cânceres mais comuns no resto do mundo.

O câncer de pulmão (também conhecido como carcinoma do pulmão) ocorre devido ao crescimento descontrolado de células nos tecidos pulmonares. Se não for tratado precocemente, pode se espalhar para outras áreas do corpo. O câncer de pulmão é classificado em dois tipos: carcinoma de pequenas células (ou hemácias) e carcinoma de células não hemácias.

O tabagismo é o fator que mais favorece o desenvolvimento de câncer de pulmão, embora também possa se desenvolver em pessoas que nunca fumaram. As pessoas que têm um histórico de câncer de pulmão na família (especialmente a família direta) também têm um risco maior de sofrer câncer de pulmão. Outros fatores de risco são a exposição direta ao fumo do tabaco (fumo passivo) e alguns gases nocivos, como o gás radão.

Dez Sinais e Sintomas do Câncer de Pulmão que não Devem ser Ignorados

O câncer de pulmão provoca 27% das mortes causadas por câncer em geral (mais do que o câncer de cólon, câncer de próstata e câncer de mama juntos). Isso ocorre porque na maioria dos casos, o câncer de pulmão costuma ser descoberto e diagnosticado quando já está bastante avançado.

É muito importante, portanto, conhecer os possíveis sinais e sintomas do câncer de pulmão para poder reconhecê-lo a tempo e curá-lo.

Leia também: "Informações Sobre Câncer de Pulmão".

Aqui estão 10 dos sintomas mais comuns por trás do câncer de pulmão:

1. Tosse Crônica. Todo mundo tem resfriados e tosse de vez em quando. Mas se você tem uma tosse crônica durante mais de três semanas e nenhum outro sintoma de um resfriado, pode ser um sintoma precoce de câncer de pulmão.

Se você sofre de uma tosse persistente, que continua durante semanas e não responde a medicação que está tomando, visite o médico imediatamente. O médico poderá (com a ajuda dos raios X e outros testes) determinar a causa exata da tosse e o tratamento adequado para curar.

2. Tosse Com Sangue. Se você está tossindo sangue, independentemente se é muito ou pouco, deve consultar um médico o mais rapidamente possível para encontrar a causa.

3. Som Sibilante. Quando as vias respiratórias se tornam estreitas, bloqueadas ou inflamadas, se causam sons sibilantes no momento de expirar. As causas mais comuns por trás deste som sibilante são a asma e as alergias. No entanto, também pode ser um sintoma de câncer de pulmão.

4. Falta de Ar. Sentir uma falta de oxigênio ao respirar também pode ser um indicador de câncer de pulmão. 9 em cada 10 pacientes com câncer de pulmão avançado sofrem desta condição.

Também pode ser causada por anemia, infecções respiratórias, bronquite crônica, obstrução das artérias, etc.

Se de repente você experimenta falta de ar fazendo alguma tarefa simples que antes era realizada com facilidade, não negligencie. Consulte um médico.

5. Dor no Peito e Ossos. A dor no peito que se intensifica com a tosse, risos e/ou respiração profunda, é muitas vezes um sintoma precoce de câncer de pulmão. Ocorre quando o câncer se espalha pelo revestimento do pulmão.

Quando o câncer está avançado, pode se espalhar para os ossos, resultando em dores nas costas, braços, pescoço, ombros e outras áreas do corpo.

6. Infecções Pulmonares Frequentes. Se você sofre de infecções pulmonares com bastante frequência (como bronquite ou pneumonia), apesar de tomar antibióticos, pode ser um sinal de má saúde geral do pulmão (e inclusive câncer).

Se a sua bronquite ou pneumonia não respondem ao tratamento, consulte o médico para que realize testes relevantes e assim possa descartar a possibilidade de câncer.

7. Dificuldade Para Engolir. A dificuldade para engolir costuma ser um sintoma comum de uma garganta irritada. No entanto, se a dor e a dificuldade de deglutição persistem (tanto para sólidos como para líquidos) durante várias semanas, sem melhora, pode ser um sintoma de câncer de garganta ou de estômago, assim como um sinal precoce de câncer de pulmão.

Se você estiver experimentando desconforto ao engolir, consulte o seu médico para descobrir a causa do problema o mais rapidamente possível.

8. Voz Rouca e Áspera. Todos (ou muitos de nós) sofremos de voz rouca de vez em quando ou em algum momento da vida. A voz rouca está principalmente associada com a laringite (uma infecção viral do trato respiratório), mas também pode ser causada pela doença do refluxo gastroesofágico, alergias, tosse persistente, etc.

Se nós experimentamos mudanças no tom e volume da nossa voz por mais de 2-3 semanas (sem causa), é aconselhável consultar um médico.

9. Perda de Peso Inexplicável. Uma perda de peso repentina e inexplicável pode ser devido à presença de um câncer em nosso organismo. 6 em cada 10 pacientes com câncer de pulmão experimentam perda de peso repentina. Pode também ser devido a outros tipos de câncer (de estômago, de pâncreas ou de esôfago).

Se você não está de dieta e ainda assim está perdendo peso, deve ir ao médico para descobrir a causa exata.

10. Acropaquia. A acropaquia provoca deformações nas unhas dos pés e das mãos. Estas alterações incluem amolecimento dos leitos das unhas, mudanças no ângulo entre a cutícula e a unha, e crescimento curvado da unha para baixo.

Se você sofre de acropaquia e sofre de algum dos sintomas acima, procure um médico imediatamente.

Dicas para Reduzir o Risco de Câncer de Pulmão:

  • Se você nunca tiver fumado, não comece. Se você fuma, é hora de parar.
  • Cuidado para não se expor à fumaça de outras pessoas (evitar o tabagismo passivo).
  • Faça um teste em sua casa para verificar se está livre de gases (como o radão). Se houver, tome as medidas necessárias para eliminá-lo.
  • Evite áreas altamente poluídas e industrializadas.
  • Melhore a qualidade do ar em casa e no trabalho, incorporando plantas de interior, como aloe vera, palma de bambu, lírio da paz, samambaia.
  • Faça exercícios diários e permaneça ativo.
  • Coma uma dieta que inclua frutas nutritivas, verduras e grãos integrais.
  • Afaste o estresse e a ansiedade (que influenciam de forma negativa a nossa saúde). Podemos praticar meditação ou yoga para relaxar o corpo e a mente.
  • Pratique respiração profunda durante 10 minutos, várias vezes ao dia.
  • Limpe e desintoxique os pulmões bebendo chá de gengibre, 2-3 vezes ao dia.
  • Não tome medicamentos ou suplementos sem consultar o seu médico.
  • Mantenha uma boa higiene e faça testes de saúde ocasionalmente.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto