O Que é Disfunção Erétil?

Foi descrita como o fracasso masculino recorrente em obter e manter uma ereção que dure o suficiente para alcançar a atividade sexual satisfatória, durante o sexo ou a interrupção das tentativas para ele. A maioria dos homens já sofreu de disfunção erétil em algum momento, mas isso é normal. Alguns médicos acreditam que há um problema quando em 25% das tentativas não se consegue uma ereção suficiente para uma relação sexual, disfunção erétil, enquanto para outros ocorre quando falha em 50% das tentativas.

Causas

As causas físicas da disfunção erétil são mais comuns em homens mais velhos e problemas psicológicos em homens mais jovens. Várias situações podem desencadear o problema, incluindo:

  • Doenças que afetam os vasos sanguíneos e diminuir o fluxo sanguíneo para o pênis, como diabetes, hipertensão, doenças do coração ou colesterol alto.
  • Alguns medicamentos para tratar a hipertensão e depressão causam disfunção erétil como efeito colateral.
  • Depressão.
  • Estresse.
  • Abuso de substâncias tais como drogas, álcool ou nicotina.

Prevenção

Levar uma vida saudável, mudar os hábitos ruins que afetam a saúde das artérias e veias, principalmente o fumo, consumo moderado de álcool e gorduras saturadas. Exercícios que ajudam a manter o sistema circulatório bom que serve para liberar a energia negativa que pode conduzir ao estresse ou depressão. A maioria dos pesquisadores concorda que uma das melhores medidas de prevenção é fazer amor muitas vezes com uma pessoa amada, procurando o prazer para ambos.

Disfunção Erétil

Diagnóstico e Tratamento

Diagnóstico

A disfunção erétil é uma condição que pode ser detectada precocemente e até mesmo revertida. Ela começa com a perda total de ereção, mas aparece de forma gradual e ocorre em vários níveis:

  • Leve: é caracterizada pela perda de rigidez na ereção, resultando em dificuldade em conseguir a penetração vaginal.
  • Moderado: a pessoa perdeu mais capacidade erétil.
  • Grave: quando o homem perdeu toda a capacidade de ereção.

É importante para o homem que está com problemas, falar de sexualidade sem medo, sem complexos, com a sua parceira ou médico. Uma atitude saudável pode fazer a diferença entre uma vida plena e uma cheia de frustrações. Neste sentido, é importante entender que a sexualidade deve ser parte da prática de interrogatório médico e seus pacientes para dar um perfil de saúde inicial.

Tratamento

O tipo de tratamento está intimamente relacionado com o problema específico que provoca impotência. O primeiro passo é definir a causa, se possível, encontrar a solução mais adequada, segundo a orientação médica. Os especialistas sugerem iniciar o tratamento com alternativas menos invasivas e continuar, se não obtiver melhoria, com alternativas mais agressivas. As diferentes opções de tratamento podem incluir uma ou mais das seguintes situações, em que declara o médico:

  • Mudar hábitos de vida que podem afetar o bom funcionamento das artérias e veias. Parar de fumar, consumo moderado de álcool e gordura, o exercício, procure técnicas de relaxamento.
  • Alterar ou reduzir a dose da medicação que pode causar impotência.

Outros tratamentos incluem:

  • Transuretral injeção.
  • Medicação oral.
  • Dispositivos de bombas de sucção (vácuo).
  • Implantes penianos.
  • Cirurgia vascular.

Para mais informações, recomendamos a leitura do nosso artigo “Disfunção Erétil: Causas e Tratamentos“.