O que é doença de Addison?

É o fraco desempenho das glândulas supra-renais, a partir de qualquer fonte. Ela afeta ambos os sexos em qualquer idade.

Causas:

Os sintomas são causados por baixos níveis de cortisol, hormônio produzido pelas glândulas supra-renais. As razões para esta falha são desconhecidas, embora às vezes gerem complicações como:

Tuberculose.
Câncer.
Doença pituitária.
Uso de medicações com cortisona para combater outras doenças. Às vezes, após a retirada da cortisona, a função renal normal não se recupera.

Sintomas:

Fraqueza e fadiga.
Gastrointestinais (náuseas, vômitos, dor abdominal, diarreia e perda de apetite e peso).
Baixa pressão arterial, com desmaios e tonturas.
Manchas escuras (marrom), com áreas brancas na pele.
Escurecimento de sardas, cicatrizes e mamilos.
Perda de cabelo.
Constante sensação de frio.
Mudanças bruscas de humor ou comportamento, incluindo agressividade e depressão.

Fatores de risco:

Estresse.
Diabetes mellitus.
Traumatismos abdominais.
Para evitar a hiponatremia, não interromper o uso de cortisona ou alterar a dose sem consultar o seu médico.

Diagnóstico e tratamento:

O diagnóstico é feito através do histórico clínico e exame físico por um médico. Uma comparação de fotografias tiradas antes e depois “é muito útil para mostrar as mudanças graduais da pele”.

Doença de Addison

O diagnóstico é confirmado por testes de sangue e urina e medições de hormônios supra-renais e um teste de função da glândula adrenal.

O tratamento é indicado a fim de normalizar a excreção de sódio e potássio. Na maioria dos casos o tratamento deve continuar por toda a vida e necessita de doses maiores quando o corpo está sob tensão, por exemplo na sequência de uma doença. No entanto, as perspectivas de vida normal são excelentes. Para mais informações não deixe de consultar o seu médico.

Medidas Gerais: É vital tomar a medicação rigorosamente. Saiba tudo sobre a crise adrenal e sua relação com estresse físico (infecção, cirurgia ou lesão). Informe o seu médico ou dentista que tem a doença de Addison. Mantenha-se atualizado com as vacinas, incluindo a gripe e a pneumonia.

Medicação: Seu médico pode prescrever um ou mais tipos de medicações com cortisona. Nunca mude a medicação ou dosagem sem consultar o seu médico.

Atividade: Sem restrições.

Possíveis Complicações:

“Crise adrenal”: dor, fraqueza, pressão arterial baixa, desmaio causado por qualquer lesão ou doença.

Prognóstico:

Os sintomas podem ser controlados por terapia de reposição hormonal. O tratamento deve ser continuado por toda a vida.