O que é doença nas válvulas cardíacas?

Complicação de alguma doença, o que distorce ou destrói as válvulas do coração.

Pode afetar as quatro válvulas do coração, mas é muito mais comum na câmara esquerda (mitral e aórtica) do que a direita (tricúspide e pulmonar).

Idade: pode afetar qualquer idade.

Causas:

O coração tem 4 válvulas. As válvulas mitral e tricúspide (válvulas principais) controlam o fluxo de sangue entre os átrios, os receptores de sangue, e os ventrículos.

Pulmonar e aórtica impedem que o sangue do coração entre novamente depois de conduzir por ventrículos.

O estado das válvulas cardíacas podem consistir de estreitamento da válvula (estenose), que obstrui o fluxo sanguíneo, ou o alongamento ou cicatrização das trompas, o que permite que o sangue retorne (déficit).

Esta doença pode ser hereditária ou causada por:

A febre reumática (uma complicação da faringite estreptocócica).

Aterosclerose.

Hipertensão.

Coração com defeitos congênitos.

Infecções de válvulas (endocardite), após uma infecção do sangue (auto-injeção de drogas acarreta um risco muito alto).

Sífilis (raro).

Sintomas:

Ausência de sintomas (às vezes), fadiga e fraqueza, tonturas ou desmaio, dor no peito, falta de ar, congestão pulmonar, anomalias do ritmo.

Doença nas Válvulas Cardíacas

Fatores de risco:

Idade superior a 60 anos, histórico familiar de doença da válvula cardíaca, gravidez, fadiga ou excesso de trabalho, administração de drogas por via intravenosa.

Prevenção:

Procurar tratamento médico para as doenças que causam lesões nas válvulas cardíacas, como hipertensão, endocardite, e sífilis.

Tomar antibióticos para infecções e para prevenir a febre reumática.

Se você tiver um histórico familiar de doença cardíaca congênita, procure aconselhamento genético antes de ter filhos.

Diagnóstico e tratamento:

Diagnóstico: histórico e exame físico por um médico, exames de sangue, eletrocardiografia, técnicas de exposição estática e dinâmica, tais como:

ultra-som cardíaca, por vezes através do esôfago.

Cateterismo cardíaco.

Raio x do coração, dos pulmões e do fluxo sanguíneo (angiografia).

Tratamento:

O tratamento baseia-se em: tratamento médico, hospitalização ou a cirurgia aberta para substituir as válvulas defeituosas (por vezes).

Medicação:

Seu médico pode prescrever: antibióticos para tratar ou prevenir infecções das válvulas cardíacas.
Medicações antiarrítmicas para combater as irregularidades do ritmo cardíaco.
Medicação com digitálicos para reforçar ou estabilizar o ritmo cardíaco.
Diuréticos para reduzir a sobrecarga cardíaca.

Atividade: tudo o que você pode tolerar.
Em certas formas da doença valvular cardíaca são restrições desnecessárias.

Dieta: baixo teor em gordura e sal.

Informe o seu médico se ocorrerem sinais de infecção tais como: febre, calafrios, dores musculares, dor de cabeça, fadiga e indisposição.

Possíveis Complicações:

Infecção nas válvulas.

A insuficiência cardíaca congestiva (coração pode não suportar o estresse da lesão valvular).

Prognóstico:

Depende da doença primária. Muitas complicações da doença valvular podem ser controladas com medicação ou curada com cirurgia.