Escoliose: Causas, Sintomas E Tratamento

Se você pensa que a escoliose afeta apenas as crianças, você está errado. Os adultos também podem desenvolver esta condição, especialmente as mulheres depois de certa idade. Então, se você é mulher e já passou pela menopausa, fique atenta!

A escoliose é uma deformação da coluna, que pode se curvar para a direita ou para a esquerda. Se a escoliose não for detectada precocemente e se agrava, pode afetar o desenvolvimento dos músculos e dos ligamentos relacionados com a coluna, e faz com que as costelas e a pélvis alterem sua posição.

Embora seja considerada uma doença da infância, aproximadamente 6% das pessoas acima de 50 anos e 15% acima de 60 anos (nos Estados Unidos) têm algum grau de escoliose. É possível que os valores sejam mais elevados, já que muitas vezes a escoliose não é verificada em adultos, especialmente se a curvatura da coluna não é muito pronunciada e não tem sintomas (como dor).

Escoliose: Causas, Sintomas e Tratamento

Como ocorre na infância, a escoliose em adultos é mais frequente em mulheres do que em homens. Um estudo realizado na Universidade Johns Hopkins e publicado no American Journal of Neuroradiology, descobriu que as mulheres são 1,5 mais vezes propensas do que os homens a sofrê-la.

Quais São AS Causas Da Escoliose?

Em crianças a escoliose pode ocorrer antes do nascimento se a coluna se forma inapropriadamente. Também pode ser um problema genético ou produto de outras doenças, como a distrofia muscular.

Em adultos, pode ocorrer depois dos 40 anos por causa da deterioração da coluna vertebral, que se curva e perde sua estabilidade natural e se curva devido à idade.

Também pode ocorrer por causa da osteoporose, uma doença que debilita os ossos e os torna mais frágeis e propensos à fratura. A osteoporose, que é frequente em mulheres após a menopausa, é precisamente a razão de que aumentem os seus riscos de sofrer de escoliose.

Com frequência se desconhecem suas causas exatas, tanto em crianças como em adultos, e, nesses casos, se conhece como escoliose idiopática.

Leia também: "Escoliose – Tipos, Tratamentos e Sintomas da Escoliose".

Sintomas da Escoliose:

Qualquer que seja sua causa, e levando em conta que a escoliose muitas vezes não causa dor no início, é bom prestar atenção aos sintomas para que comece a tratá-la antes que se agrave. Incluem os seguintes:

  • Um ombro parece ser mais baixo do que o outro.
  • Peito afundado ou assimétrico (um lado não é igual ao outro).
  • Coluna que se desvia para dentro ou para baixo.
  • Pélvis (quadris) projetada para frente em um lado.
  • Uma perna parece mais curta do que a outra.

Se a escoliose é grave e não tratada, pode causar outros problemas. Por exemplo:

  • Dor nas costas, que em adultos pode parecer um problema nos ligamentos.
  • Dormência ou sensação de formigamento nas pernas.
  • Deformidades no corpo.
  • Cansaço e fadiga.
  • Problemas com a respiração.

Leia também: "Remédios Caseiros Para Escoliose".

Tratamentos Para Escoliose:

O tratamento varia de acordo com o grau da curvatura e da dor que causa. Se a escoliose é detectada precocemente, é possível evitar que se agrave. Mas muitas vezes os casos de escoliose são leves em adultos, e não causam grandes incômodos nem causam limitações físicas, embora o paciente deva ser monitorado periodicamente para avaliar o grau da condição. Geralmente, se aconselha evitar esportes que requerem esforço ou contato físico intenso, e se há muita dor, o médico pode prescrever medicamentos e fisioterapia para aliviá-la.

Em casos extremos, a escoliose pode exigir cirurgia, e o paciente costuma se recuperar rapidamente. Sem tratamento, a escoliose pode causar dor, deformidades no corpo e problemas com a respiração.

Não há evidência de que seja possível prevenir a escoliose melhorando a postura ou fazendo exercícios, mas existem outras opções. Por isso, se você já passou pela menopausa ou está próxima dela, é especialmente importante colocar atenção aos sintomas. Se você notar alguns deles, embora no momento não te incomodem muito, não deixe de informar o seu médico.

É possível que ele ou ela tome medidas para aumentar a sua massa óssea e fortalecer seus ossos, certificando-se de que você consuma suficiente cálcio e vitamina D, e te recomendando que faça alguns exercícios com pesos. Estas medidas talvez não te ajudem a prevenir a escoliose em si, mas sim a osteoporose. E isso sim é uma maneira indireta de mantê-la na linha.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Confira Mais Sobre Esse Assuto
  • Escoliose - Tipos, Tratamentos E Sintomas Da Escoliose

    A escoliose é uma condição que afeta a coluna vertebral provocando uma curvatura anormal lateral da mesma, onde vista por trás, a coluna vertebral de uma pessoa...

  • Escoliose - Como Evitar A Escoliose

    A escoliose é uma condição que afeta a coluna vertebral provocando uma curvatura anormal lateral da mesma, onde vista por trás, a coluna vertebral de uma pessoa...

  • Escoliose

    A coluna vertebral tem uma curvatura que é necessária para a pessoa se movimentar e andar, mas em aproximadamente 3 em cada 100 pessoas tem uma coluna deformada...

  • Remédios Caseiros Para Escoliose

    A coluna vertebral tem uma curvatura que é necessária para a pessoa se movimentar e andar, mas em aproximadamente 3 em cada 100 pessoas tem uma coluna deformada...

  • Traumatismo Na Coluna Vertebral

    O traumatismo na coluna vertebral caracteriza-se pelas dores e lesões que ocorrem nos ossos, ligamentos e músculos da coluna vertebral. Elas estão entre as doen...

  • A Anorexia Cresce Entre Os Adultos

    A anorexia é uma doença conhecida por afetar jovens, já que costuma se iniciar na adolescência, mas tem crescido entre os adultos de forma alarmante. É uma cond...