Poucas pessoas não ouviram falar da mamografia, um teste comum para o estudo das mamas. É fundamental para detectar o câncer de mama e outras doenças difíceis de ver por outros métodos. Hoje em dia, se considera uma prova necessária na vida de toda mulher. Nesta ocasião, hoje te falamos algumas dicas para você se preparar para a mamografia.

O Que Saber Sobre a Mamografia?

Pode-se dizer que a mamografia é uma representação radiográfica do tecido mole da glândula mamária, com ela se obtêm a informação sobre sua estrutura, para um especialista determinar se é normal ou patológica.

Se trata de um teste simples que nos permite detectar o câncer de mama em estágio inicial (35% dos cânceres mamários são encontrados através desse método), e outros problemas como mastite, abscessos, cistos ou nódulos linfáticos.

A mamografia é realizada por um técnico especializado em radiologia. Consiste em posicionar a mama em uma plataforma especial que comprime e tira imagens de ângulos diferentes. Durante a realização dessas imagens, que só duram alguns segundos, a paciente notará uma pressão e deverá prender a respiração. No entanto, o desconforto é mínimo.

01

O técnico pode colocar adesivos sobre os mamilos da paciente, de modo que as imagens obtidas sejam mais claras. Estas devem ser quatro: uma para cada mama comprimida de cima para baixo, e outra de cada mama comprimida de lado. No entanto, se o especialista considerar necessário, pode tirar imagens de outros ângulos. Elas serão analisadas em busca de possíveis patologias.

Como Se Preparar Para Uma Mamografia

Leia também: “Por que é Importante a Mamografia?

Dicas de Preparação Para Uma Mamografia

Ainda que a mamografia seja um dos exames médicos mais eficazes e necessários, muitas mulheres sentem medo ou vergonha na hora de fazer esse exame. Saiba como devemos estar preparadas para perder o medo desse exame tão necessário.

A primeira coisa que devemos saber é que não sentiremos dor, ainda que exista algum desconforto durante a compressão da mama. Mas tenha em mente que só dura alguns segundos, e que esses segundos podem prevenir enfermidades tão graves como o câncer. Esta compressão é absolutamente imprescindível, pois proporciona uma melhor visualização do tecido mamário, e é claro, não danifica a mama e nem causa efeitos secundários.

Para que esse pequeno desconforto seja menor, convém realizar esse exame aproximadamente uma semana depois da terminar a menstruação, é nesse momento em que os seus seios estão menos sensíveis.

01

Por outro lado, não é necessário tomar nenhum medicamento antes ou ir de jejum, embora seja recomendado evitar o consumo de café, bebidas energéticas, chocolate e outros alimentos com cafeína durante duas semanas antes. Isso ajudará que as mamas não estejam muito sensíveis nesse momento. Para mulheres com a área muito sensível, é aconselhável um analgésico 24 horas antes.

O uso de desodorante, creme, perfume, talco ou qualquer tipo de loção sobre os seios e axilas, dificulta a análise do teste. Essas substâncias podem ser refletidas nas imagens e confundidas com manchas de cálcio, além de interferir no resultado de muitas outras formas.

Para sua maior comodidade, é melhor usar um conjunto de duas peças. Isso ocorre porque a paciente deve permanecer nua da cintura para cima e usar uma bata de radiologia. Se você usar um vestido devera ficar quase completamente nua, o que pode ser bem incômodo. Também se aconselha não usar bijuteria, pois devemos tirá-las para que não interfiram na radiação.

Se não é nossa primeira mamografia, podemos levar os exames antigos para que o médico possa comparar facilmente os resultados. Além disso, devemos informá-lo sobre o histórico pessoal e familiar, o uso de possíveis tratamentos hormonais e a realização de cirurgias anteriores.

01

Muitas mulheres tem dúvidas a respeito de fazer esse exame durante a gravidez ou a amamentação, mas a verdade é que é totalmente seguro e a dose de radiação é mínima. O inconveniente é que as mamas são mais densas nessa etapa e por tanto, os resultados são menos confiáveis. Se esse é o caso, devemos consultar o médico a possibilidade de adiar ou substituir por uma ultrassom de mamas.

Após o exame, o técnico não pode informar sobre os resultados, mas deve enviar as imagens obtidas para um especialista que as análise com cuidado. Você tem que perguntar quando pode pegar os resultados e não presumir caso o médico não entre em contato com você, que está tudo bem.

O processo leva entre 15 e 30 minutos. Desde então, o desconforto é mínimo se levarmos em conta as muitas vantagens. É recomendado a todas as mulheres fazerem anualmente uma mamografia a partir dos 40 anos como medida preventiva.