O teste de ureia é uma análise que se realiza separadamente ou em um pedido geral de bioquímico no sangue. Mede a quantidade (concentração) de ureia ou nitrogênio ureico presente no sangue.

A ureia é o resultado final do metabolismo das proteínas. Forma-se no fígado a partir da destruição das proteínas. Durante a digestão as proteínas são separadas em aminoácidos, estes contêm nitrogênio que libera como íon de amônio, e o restante da molécula é utilizado para produzir energia nas células e tecidos. O amônio se une a pequenas moléculas para produzir a ureia, a qual aparece no sangue e é eliminada pela urina. Se o rim não funciona bem a ureia se acumula no sangue e a sua concentração aumenta.

Para Que se Realiza Esse Exame?

Em geral, é um parâmetro que indica a função renal, embora possa estar alterado em doenças do fígado ou na desidratação.

Técnica de Realização: Para realizar esta análise, não é necessário estar em jejum.

Você pode realizar a coleta em um local apropriado (consultório, clínica, hospital), mas por vezes se realiza no próprio domicílio do paciente.

Para realizar a coleta é necessário localizar uma veia apropriada e geralmente se utilizam as veias localizadas na flexão do cotovelo. A pessoa encarregada de coletar as amostras utilizará luvas sanitárias, uma agulha (com seringa ou tubo de extração).

Saiba Mais Sobre o Exame de Ureia no Sangue

Colocará um garrote (cinta de borracha látex) no braço para que as veias retenham mais sangue e pareçam mais visíveis e acessíveis.

Limpará a área da picada com anticético e mediante uma palpação localizará a veia adequada e fará o acesso com a agulha. Nesse momento soltará o garrote.

Quando o sangue fluir através da agulha se realizará uma aspiração (por meio de seringa ou mediante a aplicação de um tubo de vácuo).

Ao terminar a coleta, a agulha é removida e a área é pressionada com uma bola de algodão ou similar para promover a coagulação e é instruído a flexionar o braço e manter a área com um esparadrapo por algumas horas.

Problemas e Possíveis Riscos ao Realizar o Exame de Ureia no Sangue

  • A obtenção mediante uma punção da veia pode causar certa dor.
  • Possível dificuldade em encontrar a veia adequada pode levar a várias picadas.
  • Aparecimento de um hematoma (equimose ou cardinal) na área de extração, geralmente devido ao fato de que a veia não se fechou bem após a pressão anterior e continuou saindo sangue produzindo este problema. Você pode aplicar uma pomada tipo Hirudoid sobre a área.
  • A inflamação da veia (flebite), por vezes, a veia é alterada seja por uma causa meramente física ou por ter sido infectada. Deve-se manter a área relaxada alguns dias e pode-se aplicar uma pomada tipo Hirudoid na área. Se o problema persistir ou aparecer febre é preciso consultar o seu médico.

Valores Normais de Ureia no Sangue

• Os valores normais em adultos são entre 7 a 20 mg por decilitro. Em crianças pequenas se aceitam os valores de 5 a 18 mg/dl.

• Os valores mais altos de 100 mg/dl são devido a uma insuficiência renal significativa.

Valores dos Resultados Anormais de Ureia no Sangue

Pode-se apresentar aumento de ureia no sangue (uremia) em:

  • Dietas com excesso de proteínas.
  • Doença renal.
  • Insuficiência cardíaca.
  • Sangramento gastrointestinal.
  • Hipovolemia (queimaduras, desidratação).
  • Inanição.
  • Obstruções renais (pedras, tumores).

Pode- se apresentar ureia reduzida em:

  • Dieta de baixa proteína.
  • Insuficiência hepática.
  • Gravidez.
  • Excesso de hidratação.
  • Desnutrição.