O Que é Hipoglicemia?

A glicose é a principal fonte de energia no corpo. As pessoas mantém uma concentração média de açúcar no sangue cerca de 70 a 110 mg/dl (miligramas de glicose por decilitro de sangue). Quando os níveis de glicose diminuem para 50 mg/dl é dito que a pessoa sofre de hipoglicemia.

Hipoglicemia é um distúrbio de açúcar no sangue (glicose) onde o mesmo é anormalmente baixo para energizar as células do corpo.

As pessoas que são particularmente susceptíveis de serem afetadas são aquelas que realizam um tratamento com insulina ou medicamentos hipoglicemiantes orais para o diabetes.

Causas

Existem muitas causas potenciais que provocam hipoglicemia, tais como:

  • A secreção excessiva de insulina pelo pâncreas.
  • Diabéticos tomando insulina demais para diminuir o açúcar.
  • Beber álcool, sem alimentação adequada.
  • Pessoas com distúrbios psicológicos, auto-medicação de insulina.
  • Exercício extenuante e prolongado.
  • O jejum prolongado.
  • Uma doença auto-imune em que o organismo produz anticorpos contra a insulina.
  • Pode ser o resultado de uma insuficiência cardíaca ou renal, desnutrição, câncer, hepatite viral e cirrose.
  • Crianças diabéticas (apenas às vezes).

Hipoglicemia quando vem a ocorrer em lactentes e crianças é causada por alimentos que contêm açúcar, frutose, galactose, ou o aminoácido leucina. Também quando são amamentadas em horários não rígidos.

Leia também: “Hipoglicemia: Sintomas e Tratamento“.

Sintomas

  • Transpiração.
  • Nervosismo.
  • Tremores.
  • Palpitações.
  • Fome.
  • Tonturas.
  • Irritabilidade.
  • Palidez.
  • Dor de cabeça.
  • Humor e comportamento.
  • Fraqueza.
  • Incapacidade de concentração.

É importante consultar o seu médico para o diagnóstico, uma vez que devido à variedade de sintomas que provoca a hipoglicemia pode ser confundida com outras condições.

Prevenção

  • Evite fazer mais de três pequenas refeições por dia.
  • Deve ser realizada a identificação de informar o pessoal de serviço de emergência sobre a sua condição.

Diagnóstico e Tratamento

Diagnóstico

O médico irá realizar um teste que envolve a obtenção de uma gota de sangue, picada no dedo para medir açúcar no sangue e os níveis de insulina no sangue.

Pode confirmar o diagnóstico através da medição de baixas concentrações de açúcar no sangue, juntamente com os sintomas já mencionados.

É possível que algumas pessoas venham a exigir algumas provas adicionais, tais como exames laboratoriais que são regularmente usados para determinar a causa.

Somente em alguns casos será necessário realizar alguns exames, como tomografia computadorizada, ressonância magnética ou ultra-som para determinar se o paciente tem um tumor no pâncreas que secreta insulina.

Leia também: “Hipoglicemia Como Prevenir e Tratar“.

Tratamento

O tratamento será determinado por um especialista com base no histórico médico do paciente e como a doença está avançada.

Os sintomas que o paciente com hipoglicemia apresenta apenas aumentam minutos após a ingestão de açúcar na forma de doces, açúcar, leite ou lactose.

A injeção de glucagon, um hormônio proteico secretado pelo pâncreas, para estimular a produção de glicose pelo fígado, pode restaurar o açúcar no sangue depois de 5 ou 15 minutos.

Muito raramente a hipoglicemia é grave, e se assim o paciente não pode tomar a glicose por via oral, deve ser administrada por via intravenosa para prevenir lesões cerebrais graves.

Hipoglicemia ocorre com frequência e não é uma condição séria.