O Que é Hipotensão?

É a pressão exercida pela passagem do sangue através das artérias denominada pressão arterial, que é determinada por três fatores: quantidade de sangue bombeado pelo coração, o volume de sangue nos vasos sanguíneos e sua capacidade. A hipotensão arterial ocorre quando a pressão de sangue de uma pessoa é muito menor do que os níveis estabelecidos como normais para sua idade e sexo. Os intervalos são considerados normais entre 90/60 mmHg (valor mínimo, pressão diastólica) e 130/80 mm Hg (valor máximo, pressão sistólica).

Hipotensão é também conhecida como pressão arterial baixa, baixa pressão arterial e pressão arterial baixa. Isso significa que, durante e depois de cada batimento cardíaco, a pressão arterial é menor do que o habitual, fazendo com que órgãos vitais como coração, cérebro e outras partes do corpo, não recebam sangue suficiente, causando vertigem ou tontura na pessoa que sofre.

O que para algumas pessoas é uma pressão arterial baixa, para outras pode ser normal, pois isso depende da função da estrutura corporal de cada um.

Tipos de Hipotensão

Hipotensão ortostática: É definida como a incapacidade de regular a pressão arterial rapidamente. É causada por mudanças bruscas na posição do corpo (mudança da posição deitada para em pé). Geralmente dura alguns segundos ou minutos e pode causar desmaios. Quando ocorre depois de comer é chamada de hipotensão ortostática pós-prandial, que geralmente afeta pessoas idosas, pessoas com pressão arterial elevada e doença de Parkinson.

Hipotensão

Hipotensão severa: É produzida por uma súbita perda de sangue privando o cérebro de oxigênio.

Causas

A hipotensão pode ser devido a vários fatores, incluindo: desidratação, superaquecimento, desmaio, diabetes, insuficiência cardíaca, uso de ansiolíticos, diuréticos, antidepressivos, analgésicos, medicamentos utilizados para cirurgia, medicamentos para o coração, choque emocional, anafilaxia, álcool, ficar muitas horas sem comer, entre outros.

Sintomas

Os principais sintomas que podem ter um paciente hipotenso são: tonturas, desmaios, visão borrada, palidez, sonolência, fraqueza, confusão, palpitações, dificuldade respiratória, dor torácica, vômitos, entre outros.

Fatores de Risco

A hipotensão arterial é um dos efeitos colaterais mais comuns da raquianestesia.

Ortorexia (transtorno alimentar em que há obsessão em comer apenas alimentos saudáveis).

Prevenção

Para evitar ou reduzir os sintomas de hipotensão deve se beber muitos líquidos incorporados lentamente após sentar ou deitar, evitar o álcool, usar meias de compressão para aumentar a pressão do sangue nas pernas e evitar permanecer muito tempo em pé, no caso pacientes com hipotensão neuro mediada.

Diagnóstico e Tratamento

O médico vai determinar as causas da diminuição da pressão arterial no paciente com monitoração de sinais vitais e fazer algumas perguntas. Alguns testes serão feitos: hemograma completo, diferencial de sangue, culturas de sangue, urina, radiografias de tórax ou do abdômen.

O tratamento para a hipotensão arterial depende da causa da mesma. Por exemplo, se causada por um medicamento, o médico irá alterar a dosagem.

Possíveis Complicações

Choque. Lesão por quedas devido ao desmaio, especialmente em pessoas idosas.

Prognóstico

Baixa pressão arterial geralmente pode ser tratada de forma eficaz.