O Que é Insuficiência Cardíaca?

A insuficiência cardíaca é a incapacidade do coração de bombear a quantidade necessária de sangue em todo o corpo, assim o oxigênio e as necessidades de nutrientes são afetadas. Quando o corpo começa a falhar, o corpo imediatamente detecta e usa mecanismos de compensação, de modo que muitos pacientes não sentem os sintomas desta doença.

No entanto, os mecanismos compensatórios cobrem as lacunas apenas por um tempo, assim chega um momento em que o organismo não consegue compensar a incapacidade do coração.

Causas:

Qualquer doença que interrompe o funcionamento do coração ou interfere na corrente sanguínea, pode causar insuficiência cardíaca. No entanto, existem certas condições que podem afetar diretamente o coração, incluindo:

  • Hipertensão.
  • Doença das válvulas cardíacas.
  • Doença cardíaca congênita.
  • Cardiomiopatia.
  • Tumor no coração.
  • Diabetes.
  • Miocardite.

Existem também alguns fatores que podem precipitar a sua ocorrência:

  • Infecções com febre alta.
  • Infecções que complicam.
  • O uso de drogas.
  • Anemia.
  • Arritmia.
  • Hipertireoidismo.
  • Nefropatias.
  • Fumar.
  • Obesidade.
  • Alcoolismo.
    Insuficiência Cardíaca
  • As dietas ricas em gordura e sal.

Leia também: “Falta de Ar ao Agachar: Novo Sintoma Que Indica a Gravidade da Insuficiência Cardíaca“.

Sintomas:

Os sintomas podem ser:

  • Sensação de asfixia.
  • Arritmia.
  • Cansaço.
  • Fraqueza.
  • Inchaço dos pés, tornozelos, pernas, fígado e abdômen.
  • Edema pulmonar (acúmulo de líquido nos pulmões).
  • O ganho de peso sem motivo aparente.
  • Perda de apetite e indigestão.
  • Náuseas e vômitos.
  • Falta de ar com a atividade física.
  • Dificuldade para dormir.
  • Desmaio.
  • Falta de concentração.
  • Tosse.
  • Cianose (pele azul) ou icterícia (coloração amarelada).
  • Redução na produção de urina.
  • Necessidade de urinar durante a noite.
  • Suar ao comer ou fazer outros esforços.

Diagnóstico e Tratamento:

Diagnóstico: Na maioria dos casos, o médico realiza um exame físico e um exame para diagnosticar a doença. Além disso, pode ser realizado o ecocardiograma, angiografia coronária radiografia de tórax, tomografia computadorizada de tórax, exame de urina, hemograma completo, que ajudam a determinar a causa exata da insuficiência cardíaca.

Tratamento: Infelizmente, na maioria dos casos não é possível restaurar o funcionamento normal do coração, assim o tratamento se concentra na melhoria da qualidade de vida dos pacientes e detêm a progressão da doença com as medidas preventivas, dieta e exercício moderado pode ser decisivo.

É muito importante consultar o seu médico, não apenas quando se sentir mal. Uma revisão regular pode prevenir esta e outras doenças.