O Que é Meningite Asséptica?

A inflamação das meninges (as membranas finas que cobrem o cérebro e a medula espinhal). É contagiosa, em alguns casos. Ao contrário da meningite clássica, não há pus no líquido que banha o cérebro. Afeta ambos os sexos, em qualquer idade.

Causas

• Os vírus de vários tipos, inclusive da poliomielite.

• Fungos, incluindo as enzimas.

• Reação – provavelmente uma resposta autoimune – depois de algumas doenças virais como o sarampo.

Sintomas

• Febre.

• Dor de cabeça.

• Irritabilidade.

• Sensibilidade dos olhos à luz.

• Torcicolo.

• Vômitos.

• Confusão, letargia e sonolência.

Fatores de Risco

• Sarampo recente, rubéola ou vários tipos de gripe.

• O tratamento com imunossupressores, como o câncer ou após transplante de órgãos.

• Má alimentação.

• Doença recente que tem vindo a diminuir a resistência.

• Epidemia de meningite. A doença torna-se mais virulenta quando transmitida de pessoa para pessoa.

Leia também: “Meningite: Como Identificá-la e Tratá-la“.

Prevenção

Imunizar-se contra todos os vírus para os quais existem vacinas.

Meningite Asséptica

Diagnóstico e Tratamento

• Precauções saúde.

• O tratamento médico.

• Internação em casos graves.

Medidas gerais:
Não existem instruções especiais não especificadas em outras seções.

Medicação:
Quando a meningite asséptica é causada por um vírus, sem medicação.

Defesas do corpo tendem a curar (embora o vírus da poliomielite pode causar danos permanentes).

Se a meningite é causada por um fungo, o médico pode prescrever medicamentos antifúngicos como anfotericina B.

Não tomar aspirina para a dor, pode causar sangramento.

Atividade:
Descanse na cama em um quarto escuro.

Retorno às atividades normais logo que os sintomas melhorarem.

Dieta:
Nenhuma dieta especial. Beba 6 a 8 copos de líquidos por dia.

Diagnóstico

Observação dos sintomas.

História e exame físico por um médico.

Análise, tais como a contagem dos glóbulos vermelhos e análise do líquido cefalorraquiano por punção lombar.

Possíveis Complicações

Danos permanentes ao cérebro (raramente).

Agravamento ou paralisia muscular em alguns casos (poliomielite).

Prognóstico

A maioria dos pacientes se recuperam da meningite viral sem tratamento específico – não como na meningite bacteriana, onde o tratamento com antibióticos é necessário para salvar o paciente.