O Que é Narcolepsia?

Raro distúrbio do sono caracterizado por episódios incontroláveis de sono em qualquer lugar ou a qualquer momento.
Após 10 a 15 minutos de um ataque de sono, a pessoa se sente descansado apenas brevemente, para voltar a incômoda sensação de estar caindo de sono.
Os ataques podem ocorrer enquanto estiver dirigindo, conversando ou trabalhando.

Idade:
Começa na adolescência ou início da idade adulta e continua ao longo da vida, afetando ambos os sexos.

Causas

Desconhecidas.
Às vezes, na sequência de uma infecção cerebral ou traumatismo craniano.

Sintomas

Qualquer um dos seguintes (10% das pessoas com narcolepsia têm todos os sinais):

• Ataques de sono podem ocorrer em até 10 vezes por dia.

• Podem surgir quando você está tendo uma conversa ou outras atividades.

• Um ataque deixa uma pessoa em repouso, mas outra pode aparecer em breve.

• Sonhos ou alucinações, sons ao começar a dormir ou acordar.

• Paralisia temporária (perda súbita de força muscular) ao adormecer ou logo antes de acordar.

• Paralisia momentânea não relacionada com o sono, sentindo uma emoção repentina, como raiva, medo ou alegria.

• Irresistível sonolência durante o dia.

Narcolepsia

Leia também: “Remédios Caseiros Para Narcolepsia“.

Fatores de Risco

Qualquer um dos seguintes podem desencadear um ataque:

• Atividades monótonas.

• Risada prolongada.

Prevenção

Se possível, reduzir a frequência dos ataques, evitando os riscos listados acima.

Diagnóstico e Tratamento

Diagnóstico:
História clínica e exame físico por um médico.
EEG.
Estudos realizados em um laboratório do sono (polissonografia).

Tratamento:

Medidas gerais:
Realizar uma indicação da sua condição em uma pulseira ou corrente.

Medicação:
Seu médico pode prescrever estimulantes ou antidepressivos (e não tanto de uma vez).

Atividade:
Evite atividades que envolvem risco de ferimentos durante um ataque de sono repentino.
Isso inclui atividades como dirigir longas distâncias, usar escadas ou trabalhar com máquinas perigosas.

Dieta:
Nenhuma dieta especial.

Informe o seu médico se:
Novos sintomas inexplicáveis se desenvolvem.
As drogas utilizadas neste tratamento podem produzir efeitos secundários.

Possíveis Complicações

Lesão acidental durante um ataque de sono repentino.

Prognósticos

Esse transtorno é permanente, mas não afeta a expectativa de vida.
Medicação pode reduzir a frequência de ataques.