O Que é Neutropenia?

Existem cinco tipos principais de glóbulos brancos no sangue: neutrófilos, linfócitos, monócitos, eosinófilos e basófilos. Quando um excesso ou deficiência de qualquer destes, dizemos que há uma desordem das células brancas do sangue, e uma delas é conhecida como neutropenia.

Neutropenia é um número anormalmente baixo de neutrófilos no sangue. Neutrófilos são glóbulos brancos responsáveis pela defesa do organismo contra bactérias e fungos que podem atacar. Eles também ajudam a curar feridas e detectar corpos estranhos no organismo. Neutrófilos são produzidos e amadurecem na medula óssea em aproximadamente duas semanas. Depois de entrar na corrente sanguínea “patrulham” ao longo da mesma cerca de 6 horas à procura de organismos infecciosos e outros intrusos. Quando detectam um, eles se movimentam nos tecidos, aderem a eles e produzem substâncias tóxicas que matam esses organismos. Essa reação de defesa pode danificar o tecido saudável ao redor da área de infecção, causando inchaço na área afetada, que se manifesta como vermelhidão, inchaço e calor.

O tratamento deve ser imediato, é importante porque os neutrófilos geralmente representam 70% das células brancas do sangue, uma diminuição de glóbulos brancos pode implicar uma baixa de neutrófilos, resultando em um aumento do risco de infecção. Com neutropenia, ou seja, sem a proteção fundamental que são os neutrófilos, uma infecção, ainda que pequena, pode ser fatal.

Neutropenia

Tipos de Neutropenia

  • Neutropenia crônica congênita: afeta um número pequeno de pessoas. Os sintomas mais comuns são febre, úlceras na boca, infecções de ouvido e pneumonia.
  • Neutropenia cíclica: ocorre aproximadamente a cada 21 dias e fica de três a seis dias.

Causas

A neutropenia é devido a várias razões, tais como: produção inadequada da medula óssea ou a destruição das células brancas do sangue elevadas na circulação. Pode ocorrer em pessoas com câncer, tuberculose, SIDA, porque as medicações utilizadas no tratamento destas doenças podem comprometer a produção de neutrófilos na medula óssea.

Leia também: “Câncer do Sistema Nervoso Central (Cérebro e Medula Espinhal)“.

Sintomas

Neutropenia carece de um sintoma específico, assim pode passar despercebida até que a infecção ocorra. No entanto, quando se lida com neutropenia aguda pode ter os seguintes sintomas:

  • Febre.
  • Tosse.
  • Ardor ou dor ao urinar.
  • Feridas ao redor da boca e ânus.
  • Calafrios.
  • Dor de garganta.

Prevenção

É importante tomar medidas de precaução para evitar complicações, tais como: banho diário, lavar as mãos antes de comer e após usar o banheiro, usar sabonetes anti-bacterianos, escovar os dentes pelo menos três vezes por dia, não compartilhar itens de higiene pessoal. Em adição, o exercício diário e uma dieta equilibrada podem ajudar a trazer uma melhor qualidade de vida.

Diagnóstico e Tratamento

Diagnóstico: Para diagnosticar a neutropenia, o médico pode pedir um hemograma completo para medir os níveis de neutrófilos. Se o nível dos neutrófilos é baixo, o seu médico vai investigar se um medicamento pode ser a causa. Se sua fonte não é muito clara, pode recomendar uma aspiração da medula óssea, ou seja, um procedimento que envolve a inserção de uma agulha através da pele e os ossos para sugar algumas células da medula óssea, que são então enviadas para um laboratório para testes. É importante notar que esta condição só pode ser diagnosticada por um médico, por isso é importante fazer exames periódicos de saúde.

Tratamento: É essencial identificar a causa, que pode significar o abandono ou o ajuste da dose de um medicamento ou diagnóstico e tratamento de uma infecção ou um tumor.

Tratamento da neutropenia depende da gravidade. Às vezes, a medula óssea se recupera por si mesma, sem tratamento. As pessoas que têm neutropenia leve geralmente não têm sintomas ou necessitam de tratamento. Se uma pessoa tem neutropenia severa, infecções graves podem entrar rapidamente por falta de defesas do organismo, que podem requerer hospitalização e antibióticos espectro de longo prazo, mesmo antes de identificar a causa e localização da infecção.

A febre, um sintoma que normalmente indica infecção em uma pessoa que tem neutropenia, é um sinal significativo da necessidade de consultar o seu médico imediatamente.