A cirrose é uma condição muito grave que causa sérias lesões no fígado. Se você não sabe bem do que se trata, aqui te contamos. O fígado é um órgão vital e deve estar alerta diante desta doença, reduzindo os riscos de que se desenvolva. Cuide do seu fígado! É crucial para a vida.

Por alguma razão, se fala mais frequentemente de cirrose em homens. Talvez porque uma de suas principais causas seja o alcoolismo, e são os homens que tendem a usar mais o álcool para tentar encontrar a solução para os seus problemas. Beber de vez em quando não tem consequências graves, mas sim o seu abuso crônico provoca sérios danos ao corpo – especialmente para o fígado. E que órgão é o responsável de desintoxicar o corpo? O fígado. E o que acontece quando o fígado sofre danos graves? Desenvolve cirrose.

Na cirrose o fígado vai formando tecido fibroso até que as células originais sejam substituídas por cicatrizes, já não podem funcionar. O fígado, se você não sabe, é um órgão grande que se localiza na parte superior direita do seu abdômen. Mas não está ali como adorno.

Funções do Fígado:

  • Produz substâncias como a bílis que ajudam a digerir os alimentos e a formar coágulos para deter os sangramentos.
    O Que Você Precisa Saber Para Que a Cirrose Não Acabe Com o Seu Fígado
  • Atua como filtro de sangue.
  • Armazena vitaminas e minerais.
  • Controla a quantidade de proteínas, açúcares e gorduras que circulam na corrente sanguínea.
  • Metaboliza o álcool e as drogas.

Quando o fígado sofre danos leves (cirrose leve) pode cicatrizar e se reparar para poder continuar cumprindo com o seu papel no organismo. Mas se continua sendo danificado, são geradas mais cicatrizes que, eventualmente, fazem com que o fígado pare de funcionar. O abuso de álcool é uma das principais causas da cirrose. A cirrose por causa do álcool se desenvolve geralmente depois de dez anos bebendo muito de forma regular. O que é beber muito? Simples: no caso dos homens, cinco ou mais bebidas por dia. No das mulheres, três ou mais bebidas alcoólicas por dia. E embora esta seja a causa mais comum da cirrose, não é a única. Há outros fatores e condições que podem causar danos ao fígado.

  • Hepatite B e hepatite C.
  • Gordura que se acumula no fígado como resultado do colesterol elevado, obesidade ou diabetes.
  • Fibrose cística (uma doença hereditária que provoca o acúmulo de mucosidade nos pulmões e no trato digestivo).
  • Doenças autoimunes, especificamente hepatite autoimune que ocorre quando o sistema imunológico do corpo ataca o fígado.
  • Por destruição dos condutos biliares (cirrose biliar primária).
  • Por endurecimento dos condutos biliares (colangite esclerosante primária).
  • Por malformação dos condutos biliares (atresia biliar).
  • Por parasitas.
  • Incapacidade para processar o açúcar presente no leite (galactosemia).
  • Acumulação de ferro no organismo (hemocromatose).
  • Acumulação de cobre (doença de Wilson).
  • Exposição a substâncias tóxicas, como o arsênico.

Leia também: “Cirrose: Remédios Caseiros e Recomendações“.

Para que você esteja alerta quanto à cirrose, preste atenção aos sintomas:

  • Cansaço e fraqueza extrema.
  • Hemorragias nasais e aparecimento de hematomas na pele com facilidade.
  • Dor e acúmulo de líquido no abdômen.
  • Perda de apetite, pode haver náuseas.
  • Coloração amarelada da pele.
  • Retenção de líquidos (inchaço) nas pernas (edema).

O tratamento para a cirrose varia dependendo da causa. Se for causada pelo álcool, a solução óbvia é deixar de beber. Se for uma a cirrose causada pelo vírus da hepatite, existem medicamentos para controlar os danos. Quando há complicações, como inchaço nas pernas e abdômen, o médico te recomendará uma dieta pobre em sódio. Se o inchaço é muito severo, talvez, seja necessária uma drenagem ou cirurgia para aliviar a pressão. Quando o dano no fígado é tão grave que deixa de funcionar, se recorre ao transplante de fígado. Isto significa que tiram o seu fígado e o substituem com o de alguma pessoa que tenha falecido ou tenha doado; ou com partes do tecido do fígado de alguém que ainda está vivo. Esta opção, no entanto, é complicada porque é cara e é preciso encontrar doadores, o que nem sempre é uma tarefa fácil. O que você pode fazer para prevenir a cirrose? Há várias coisas que estão ao seu alcance e tem a ver com o seu estilo de vida.

Como Cuidar Bem do Fígado:

  • Não beba álcool ou faça-o com moderação.
  • Tenha uma dieta rica em vegetais e frutas.
  • Mantenha um peso saudável.
  • Evite a exposição a substâncias químicas tóxicas.
  • Reduza o risco de hepatite fazendo sexo seguro e evitando compartilhar seringas. Pergunte ao seu médico sobre a vacina contra a hepatite B.

Converse com seu médico se você tiver outras dúvidas. A cirrose é uma doença grave e afeta um órgão que é vital. Tome as medidas necessárias para prevenir que o seu fígado seja danificado. Você não pode viver sem ele.