O Que é Obstrução do Canal Nasolacrimal?

Nossos olhos estão constantemente expostos a poeira, vírus, bactérias e certos objetos que podem danificá-los. As pálpebras e cílios servem como barreiras que impedem a entrada de objetos estranhos, mas também os olhos estão constantemente produzindo uma película protetora de lágrimas que é utilizada para limpar e lubrificar a superfície ocular. Normalmente essas lágrimas são drenadas para dentro do nariz através do canal lacrimal.

Às vezes, essa conduta é bloqueada, as lágrimas que se acumulam transbordam para o rosto, mesmo quando a pessoa não está chorando.

Causas

Em alguns bebês o canal nasolacrimal não é totalmente desenvolvido no nascimento, (isto é conhecido como dacriostenose), mas a obstrução geralmente desaparece após 6 meses sem tratamento. Em adultos, a obstrução pode ser causada por infecção, lesão ou tumor.

Sintomas

O principal sintoma é a acumulação de líquido nos olhos e lacrimejamento que escorre nas bochechas.

Em alguns casos, a infecção pode se desenvolver na lágrima, que se manifesta como vermelhidão no canto interno do olho e inchaço em um lado do nariz.

Se seu bebê tiver esses sintomas nas primeiras semanas de vida, consulte o seu médico.

Obstrução do Canal Nasolacrimal

Leia também: “Derrame Ocular: Sintomas e Como Evitar“.

Diagnóstico e Tratamento

Tratamento:

No caso dos bebês o tratamento geralmente consiste na limpeza com uma gaze umedecida dos olhos do bebê com as mãos limpas, aplique sob os olhos (na região do saco lacrimal) uma massagem muito suave com as pontas dos dedos da borda fora do olho, em direção à ponte do nariz, onde se encontra o canal lacrimal, de 2 a 3 vezes ao dia durante várias semanas.

Se a infecção estiver presente, o médico irá indicar o uso de colírios antibióticos ou pomada.

Ao durar mais de 8 meses ou infecções que ocorrerem de forma contínua, pode ser necessário abrir cirurgicamente o duto. O procedimento deve ser realizado por um oftalmologista pediátrico e envolve a inserção de um pequeno tubo através da abertura do duto localizado no canto do olho. É realizada sob anestesia geral e os resultados são muito bons na maioria dos casos.