A pneumonia é uma infecção nos pulmões, que também se conhece como infecção do trato respiratório inferior, já que esta infecção ocorre na parte profunda dos pulmões. Trata-se, assim, de uma inflamação aguda dos pulmões que costuma ser provocada por um vírus, embora, em alguns casos também seja causada por bactérias.

Normalmente, a pneumonia viral infantil se produz depois de ter sofrido um resfriado com rinite, febre ou estado febril. Pode-se dizer que se trata de uma complicação de um quadro de resfriado que afeta as vias respiratórias inferiores, causando dificuldade respiratória em crianças. Em vez disso, a pneumonia bacteriana infantil se caracteriza por um início repentino com febre, dificuldade para respirar e dor torácica.

Quais São os Sintomas da Pneumonia Infantil?

Em crianças, os sintomas da pneumonia, tanto se é de origem bacteriana como viral, podem variar amplamente e podem ser difíceis de detectar, já que são semelhantes aos dos resfriados e outros sintomas do trato respiratório superior. Por esta razão, diante de qualquer mínima suspeita de que a criança possa sofrer de pneumonia, você deve ir imediatamente ao pediatra, que determinará se é mesmo assim.

Os principais sintomas da pneumonia em crianças são:

Pneumonia em Crianças: Sintomas, Diagnóstico e Tratamento

  • Febre alta.
  • Tosse.
  • Respiração acelerada.
  • Dificuldade para respirar.
  • Ruídos crepitantes no pulmão.
  • Perda de apetite.
  • Vômitos devido à tosse ou engolir muco.
  • Sensação de mal-estar geral.
  • Dor de barriga.

Leia também: “Pneumonia: Sintomas, Consequências e Remédios Caseiros“.

Como é Diagnosticada e Qual é o Tratamento?

Se o pediatra suspeitar de um quadro de pneumonia na criança, fará uma radiografia do tórax e alguns exames de sangue, a fim de poder diagnosticar corretamente a doença. Uma vez diagnosticada a pneumonia, o pediatra levará em conta fatores antes de determinar o melhor tratamento. Em geral, as crianças podem receber cuidados em casa, embora em alguns casos, se a criança se encontra mais grave, pode ser necessária à hospitalização. Se a pneumonia é viral, não precisará de tratamento antibiótico; se é de origem bacteriana, sim, será necessário.

Cuidados da criança com pneumonia em casa:

  • Se o seu pediatra receitou antibióticos para a criança, será necessário terminar todo o tratamento, mesmo que já se sinta melhor. É importante não interferir no tratamento de antibióticos, já que poderia reaparecer a infecção.
  • Para a febre, o pediatra possivelmente administrará o medicamento que considerar oportuno. Não se deve automedicar a criança. Sempre siga as instruções estabelecidas pelo médico.
  • A criança deve estar bem hidratada, bebendo abundante quantidade de água, e alimentada.
  • A criança deve estar em todos os momentos afastada de fumaça e de outros agentes irritantes pulmonares.
  • A tosse da criança pode piorar antes de começar a melhorar. Isso é devido ao fato de que mediante a tosse a criança expulsa a mucosidade. Possivelmente a tosse se prolongará por algumas semanas.