Sete Mitos Comuns Sobre O Coma Diabético

Existem vários mitos em relação ao coma diabético. As crenças populares sobre esta perigosa complicação podem te fazer pensar que apenas as pessoas que têm níveis de açúcar elevados no sangue podem estar em risco. Isso não é verdade. Junte-se a nós e aprenda mais sobre o coma diabético e identificar situações de alerta para agir de forma adequada.

Para entender o coma diabético a primeira coisa que você precisa saber é o que é um coma? O coma é uma condição que pode levar a estados de inconsciência e inclusive pode causar a morte. Aqui apresentamos alguns dos mitos que pairam em torno do coma diabético.

Mito 1:O coma diabético apenas afeta os pacientes com níveis de açúcar elevados no sangue:

Falso. Normalmente coma diabético está associado com pessoas diabéticas que têm açúcar elevado no sangue. O que muitas vezes se desconhece é que um estado de coma também pode afetar os hipoglicêmicos, ou seja, aquelas pessoas que têm um nível de açúcar baixo no sangue causado por tumores do pâncreas que produzem insulina ou a insuficiência das glândulas suprarrenais, entre outros. Estes últimos não são diabéticos.

Sete Mitos Comuns sobre o Coma Diabético

Mito 2: O coma diabético não é tão grave quanto parece:

Falso. Um coma diabético é uma complicação muito perigosa; é uma emergência médica que requer tratamento imediato. Por que é tão importante agir rapidamente? Basicamente porque esta complicação causa inconsciência. As pessoas em coma diabético dificilmente podem reagir a estímulos visuais ou auditivos. Não apenas isso é importante. O coma diabético pode ser fatal. Frequentemente se você conhece os sinais de alerta pode prevenir e controlar uma possível situação de coma diabético.

Mito 3: Um coma diabético é iminente; não existe nenhum tipo de sintoma que permita realizar ações a tempo:

Falso. Existe uma grande variedade de sintomas que podem te ajudar a tomar as medidas necessárias para saber como evitar um coma diabético. Os sintomas não são os mesmos para os diabéticos com hiperglicemia (açúcar elevado no sangue) do que para aqueles com hipoglicemia (baixo açúcar no sangue). Quando sobe o açúcar pode aumentar a sede, assim como a frequência de urinar, o que pode causar desidratação. Nestes casos, a pessoa também pode sentir náuseas, vômitos, cansaço, dor de estômago e um hálito com odor de frutas.

Por outro lado, quando você tem uma diminuição significativa nos níveis de açúcar no sangue, os hipoglicêmicos tendem a sentir-se nervoso, cansado, irritado, hostil e até mesmo agressivo. Também, podem notar tremores, sudorese e alterações no ritmo dos batimentos cardíacos. Muitos pacientes dizem que sentem muita fome. Em estágios avançados, tanto os hiperglicêmicos como hipoglicêmicos podem desenvolver confusão e/ou convulsões.

Mito 4. A falta de controle de açúcar pela má alimentação é o único fator de risco que pode levar a um coma diabético hiperglicêmico:

Falso. O coma diabético pode resultar de várias causas. Uma úlcera que sangra, alguns medicamentos, como os diuréticos que fazem com que você perca líquido, o uso de esteroides, são outras causas que podem precipitar um coma diabético. Você também deve estar atento a situações como ter tido algum tipo de infecção, insuficiência (falha) dos rins, e inclusive um ataque cardíaco.

Mito 5. o coma diabético não está relacionado com o consumo de álcool, unicamente com o consumo de açúcar:

Falso. Existem dois fatores importantes que devem ser considerados especialmente no caso do coma hipoglicêmico. Enquanto que, para os hipoglicêmicos o coma pode ser causado pelo excesso de insulina ou pela falta de alimentos, as situações como o consumo de álcool, e inclusive fazer muito exercício pode produzir os mesmos resultados.

Mito 6. somente diabéticos tipo 1 são suscetíveis ao coma diabético:

Falso. Todos os pacientes com qualquer tipo de diabetes (tipo 1 ou 2) ou com hipoglicemia são suscetíveis a um coma diabético. No entanto aquelas pessoas com diabetes tipo 1 estão em maior risco de sofrer um coma diabético, especialmente se causado por cetoacidose.

Mito 7. um coma diabético não pode ser prevenido:

Falso. O ideal é prevenir o coma diabético. Você pode encontrar alternativas que te ajudem a controlar o desenvolvimento de um coma diabético, na maioria dos casos. Verifique os seus níveis de açúcar no sangue regularmente. Quando se sentir mal, você deve ser ainda mais cuidadoso. Verifique os níveis de açúcar no sangue regularmente, de acordo com as instruções do seu médico. Um coma diabético também pode ser prevenido com uma dieta adequada, comendo nos horários corretos, e tomando os medicamentos e/ou aplicando insulina, se necessário. Aprender a controlar e manejar o estresse também ajuda consideravelmente.

Agora que você sabe que muitos dos mitos que rondam o coma diabético são falsos, te convidamos a estar muito atento aos seus níveis de açúcar, levar uma dieta saudável e seguir as orientações do seu médico. Se você tiver sintomas, não pense duas vezes, procure ajuda o mais rápido possível. Porque se você for diabético ou sofre de hipoglicemia pode estar em risco. Prepare-se e prepare as pessoas que vivem com você para que saibam reagir chamando 911 ou te levando ao hospital imediatamente.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto
  • O Que É Coma Diabético E Como Evitá-Lo?

    O coma diabético é uma condição muito perigosa e que pode ser evitada com algumas medidas, apesar do nome, não afeta apenas os diabéticos também pode afetar aqu...

  • Pé Diabético: O Que É E Como Tratá-Lo

    O pé diabético é o resultado de complicações crônicas do diabetes mellitus, ou seja, uma alteração que ocorre em alguns pacientes que tem a doença há mais de de...

  • Magnésio Para Controlar O Açúcar No Sangue

    Em outras ocasiões já mencionamos as inúmeras propriedades do magnésio para a saúde e o quão importante é consumir o magnésio para manter o bom funcionamento do...

  • Cevada: Ativa O Metabolismo E Reduz O Açúcar No Sangue

    Para conseguir o objetivo de perder peso precisamos praticar exercícios regularmente e realizar uma dieta que inclua alimentos com propriedades que auxiliem nes...

  • Pé Diabético

    O pé diabético é o resultado de complicações crônicas do diabetes mellitus, ou seja, uma alteração que ocorre em alguns pacientes que tem a doença há mais de de...

  • Remédios Caseiros Para O Vício Em Açúcar

    Os alimentos açucarados são os preferidos de muitas pessoas já que são muito saborosos e fornecem energia ao organismo, mas o açúcar em excesso causa o ganho de...