A síndrome de Duane é uma doença congênita pela qual se apresenta dificuldade na mobilidade de um dos olhos, principalmente ao realizar movimentos para dentro e para fora.

Esta doença foi descrita de forma detalhada por Duane Alexander, em 1905 e tinha sido estudada anteriormente por Heuck (1879), Stilling (1887) e Turk (1899).

Causas da Síndrome de Duane

A síndrome de Duane, uma doença que se manifesta desde o nascimento, devido a alterações do terceiro nervo craniano (nervo oculomotor) ou a ausência/anormalidade do sexto nervo craniano (nervo motor ocular externo).

Afeta mais mulheres do que homens. Produz-se maior incidência no olho esquerdo do que no direito, mas pode ocorrer simultaneamente em ambos.

Leia também: “Proteja Seus Olhos Destes Três Perigos…“.

Sintomas da Síndrome de Duane

Os olhos apresentam dois movimentos característicos:

  • Abdução: quando o olho se move para fora se afastando do nariz.
  • Adução: quando o olho se move para dentro se aproximando do nariz.

Os principais sintomas estão relacionados com a limitação do olho para realizar corretamente esses dois movimentos produzindo-se retrações e inclusive disparos verticais (os olhos se desviam de forma repentina para cima e para baixo).

Síndrome de Duane: O Que É, Causas, Sintomas e Tratamento

Classificação da Síndrome de Duane

Existem três tipos de síndrome de Duane de acordo com a limitação que se apresenta:

  • Tipo I: existe limitação na abdução.
  • Tipo II: existe limitação na adução.
  • Tipo III: existe limitação em ambos (abdução e adução).

O mais comum é do tipo I.

Tratamento Para a Síndrome de Duane

Não existe nenhum tratamento definitivo, já que as alterações ou ausência dos nervos não podem ser resolvidas. No entanto, é possível realizar um tratamento cirúrgico para corrigir o estrabismo ou melhorar posição anormal da cabeça ao olhar simultaneamente com ambos os olhos para frente e até o infinito (visão binocular em posição primária).