Síndrome De Horner: O Que É, Causas, Sintomas E Tratamento

A síndrome de Horner é uma lesão da via nervosa simpática, em qualquer lugar desde o hipotálamo (glândula localizada no centro do cérebro) até a medula espinhal, que afeta principalmente os nervos dos olhos, rosto e pescoço.

Causas da síndrome de Horner:

Em raras ocasiões a síndrome de Horner é congênita (de nascimento). Normalmente a síndrome é devido a uma lesão ou doença anterior.

As causas mais frequentes costumam ser:

  • Lesões da medula espinhal.
  • Lesão da artéria carótida (trombose, aneurisma, etc.).
  • Doenças ou tumores envolvendo que afetam o vértice pulmonar (parte superior dos pulmões).
  • Anestesia peridural.
Síndrome de Horner: O Que É, Causas, Sintomas e Tratamento

Leia também: "Riscos da Anestesia – Quais São os Possíveis Riscos da Anestesia".

Sintomas da síndrome de Horner:

A síndrome afeta principalmente o rosto e os olhos. Os principais sintomas que costumam se apresentar são:

  • Queda da pálpebra (ptose).
  • Retração do olho.
  • Pupila contraída.
  • Olhos vermelhos.
  • Diminuição da transpiração em um lado do rosto.

Tratamento para síndrome de Horner:

Não existe um tratamento para a síndrome de Horner. Deve-se encontrar a causa que está produzindo a compressão da via nervosa para resolver o problema. O especialista apropriado para avaliar o caso é o neurologista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto