O Que é Síndrome de Turner?

A síndrome de Turner também conhecida como Monossomia ou Disgenesia Gonadal, é uma doença hereditária que afeta apenas as mulheres, e ocorre em uma de cada 2.500 meninas.

Chama-se assim em homenagem ao endocrinologista americano Henry H. Turner, que foi o primeiro a detectá-la no início do século XX.

As meninas e mulheres com síndrome de Turner são geralmente de baixa estatura e com os seios e as genitálias subdesenvolvidas.

Também sofrem de amenorreia (ausência de menstruação).

Considerações: A síndrome de Turner ocorre quando uma mulher não tem um ou parte de um cromossomo X.

Isso pode ocorrer quando um óvulo é fertilizado por um espermatozoide com um cromossomo X anormal, ou quando o óvulo não tem o cromossomo X.

Causas

A Síndrome de Turner é um defeito genético, ou mais especificamente, uma anomalia nos cromossomos sexuais.

Sintomas da Síndrome de Turner

Os principais sintomas são:

  • Baixa estatura.
  • Pescoço alado e um baixo perfil do couro cabeludo na nuca.
  • Ausência de pelos pubianos e desenvolvimento insuficiente dos seios e genitálias.
  • Ausência de menstruação.
  • Infertilidade por ausência de ovários.
  • Possível retardo mental.
    Síndrome de Turner

Uma mulher que ainda não menstruou aos 15 anos deve consultar um médico, mesmo sem apresentar nenhum outro sintoma. Existem muitas outras razões que explicariam a ausência de menstruação, mas é preciso eliminar a possibilidade de ser a síndrome de Turner.

O médico depois de um exame físico e uma revisão do histórico médico para determinar se na família existe uma tendência de baixa estatura ou problemas menstruais e desenvolvimento sexual, solicitará uma série de exames de sangue e urina.

Leia também: “Síndrome de Turner: O Que É, Sintomas e Tratamento“.

Tratamento Para Síndrome de Turner

O tratamento consiste na administração de estrogênio, o principal hormônio feminino.

O estrogênio promove o desenvolvimento das características sexuais secundárias, como o desenvolvimento das mamas ou pelos pubianos.

Normalmente, o estrogênio é produzido nos ovários, mas as mulheres com síndrome de Turner têm tecido fibroso onde deveriam ter os ovários.

O tratamento com estrógeno não pode ser iniciado até a adolescência, pois este hormônio causa uma maior supressão do crescimento.

Se além de estrogênios, for administrada progesterona, estas mulheres menstruariam ainda que não tivessem ovários para produzir óvulos.