O Que é Tinha?

É uma infecção da pele causada por fungos parasitas. É caracterizada pela presença de anel em forma de manchas, vermelhas e escamosas com áreas mais claras no centro. O parasita se alimenta da queratina (primeira camada da pele), atacando qualquer parte do corpo.

As pessoas que são propensas a micose são:

  • Aqueles que vivem em um clima mais quente.
  • Atletas cuja pele é mantida úmida.
  • Aqueles com pouca higiene.
  • Aqueles que têm contato com pessoas ou animais que sofrem da infecção.
  • Aqueles que têm má nutrição.
  • Se o seu sistema imunológico está deficiente por causa de alguma medicação ou doença.

Prevenção

É muito difícil impedir a tinha, porque o fungo é muito comum e contagiante. No entanto, algumas medidas preventivas são:

  • Mantenha limpas as áreas comuns, especialmente nas escolas, creches, ginásios, piscinas públicas e vestiários.
  • Desinfetar os colchões onde você se exercita.
  • Não compartilhe vestuário, toalhas, escovas de cabelo ou outros itens pessoais.

As pessoas infectadas devem tomar as seguintes medidas para impedir a propagação da infecção.

  • Concluir o tratamento prescrito pelo seu médico mesmo que os sintomas desapareçam.
    Tinha
  • Evitar o contato próximo com os outros até que seja apurado pelo médico.
  • Certifique-se de que a pessoa ou animal que espalhou a infecção seja tratada.

Diagnóstico e Tratamento

Diagnóstico

É importante consultar o seu médico para uma avaliação, porque micose pode ser confundida com outras doenças da pele, chamada de “Jiote” que aparecem na exposição da pele ao sol.

Para estabelecer o diagnóstico médico é geralmente baseado na história clínica e exame físico, que pode incluir alguns testes especiais.
Uma das características de micose é o contraste da pele afetada e área circundante.

Tratamento

O tratamento será determinado pelo médico, dependendo da localização da micose, a idade, a tolerância para medicamentos específicos e à saúde geral do paciente.

Micose é expressa de forma individual, os ataques são leves, assim muitas vezes são curadas com cremes antifúngicos.

Cremes miconazol, clotrimazol, econazol e cetoconazol, devem ser aplicados duas vezes ao dia durante o tempo indicado pelo médico, pois pode demorar vários dias antes que faça efeito.

Às vezes, o tratamento deve ser continuado por pelo menos 7 a 10 dias após a erupção desaparecer completamente.

Para aliviar a coceira e a dor pode ser empregado o uso de cremes de corticosteroides.

Para infecções graves ou persistentes, o médico pode prescrever uma terapia de griseofulvina durante vários meses, por vezes combinadas com algumas pomadas.

Terapia Griseofulvina é administrada por via oral, é muito eficaz para este tipo de infecção, mas podem causar efeitos colaterais como cefaleia, diminuição dos glóbulos brancos, dores de estômago, erupção cutânea e fotossensibilidade.

Aconselha-se seguir o tratamento médico como orientado, já que a interrupção pode resultar na recorrência da infecção.

Áreas infectadas devem ser lavadas frequentemente com água.