Um dos transtornos do sono mais enigmáticos é o sonambulismo. Você sofre ou conhece alguém que caminha dormindo? Bem, preste atenção, pois neste artigo, conheceremos tudo sobre essa estranha anomalia.

Quando pensamos em sonâmbulos, não podemos deixar de pensar nessas engraçadas representações que são feitas nos desenhos animados dessas pessoas, caminhando de pijamas como múmias, com os olhos fechados e os braços estendidos. Acreditamos que apenas lhes falta uivar para se parecerem com fantasmas.

No entanto, além desta narrativa gráfica fictícia, e que, por sinal, é muito engraçada, o sonambulismo é um transtorno do sono, que merece a nossa atenção e cuidado, se é um ente querido que sofre. Se somos nós que sofremos nos vemos envolvidos nesses episódios, então, o que melhor do que saber mais sobre esta condição e como tratá-la.

O Que É Sonambulismo e Por que Acontece?

O sonambulismo é um transtorno do sono que consiste na pessoa realizar movimentos, tais como se deslocar e fazer atividades, enquanto ainda está dormindo. Foram descritos casos de sonâmbulos que, inclusive, varriam a casa, organizavam (ou desorganizavam) as coisas, saíram na rua dirigindo seus veículos e, na pior das hipóteses, incendiaram ou até mesmo cometeram crimes. Tudo dentro do estado de inconsciência que produz o sono.

Transtornos do Sono: O Que é Sonambulismo? Qual a Causa?

De acordo com o psicólogo David Dávila, embora este transtorno costume ocorrer principalmente na infância, os adultos e os jovens também podem sofrê-lo. Nas crianças ocorre devido ao cansaço ou ao sono, e nos adultos pelas seguintes causas:

  • Ingestão de álcool.
  • Vício em drogas.
  • Estresse.
  • Alguns medicamentos.
  • Falta de sono, excesso de tempo em vigília.

Este transtorno, por fora, pode nos parecer uma falsa vigília; a verdade é quem sofre se encontra, com maior frequência, em um estado de sono conhecido como sono profundo sincronizado.

Para entender melhor esta parte, te dizemos que o sono tem duas principais fases, conhecidas como sono sem REM (Rapid Eye Movement, por suas siglas em Inglês, que não é nada além do que o movimento dos olhos enquanto se está dormindo, semelhante a quando estamos acordados) e o sono com REM.
Dentro do que é o sonho sem REM há quatro níveis de acordo com o seu grau de profundidade.

A mente humana, durante o sono, transita de fase em fase e de nível para nível. Quando ocorre o sonambulismo, o cérebro, de alguma maneira, fica preso entre as duas fases (REM e não REM), então é quando os ciclos se confundem e o indivíduo se levanta e age como se estivesse acordado.

Como Tratar um Sonâmbulo?

Existem muitos mitos sobre como tratar um sonâmbulo. O primeiro deles é que despertá-los abruptamente é perigoso. Na verdade, por se tratar de uma condição dentro do estado do sono, é preciso apenas acordá-los com cuidado, mas com firmeza, até que retorne ao estado de consciência.

Bem, o que você deve levar em conta é que não deve ouvir esses falsos conselhos e, em vez disso, prestar atenção ao que um sonâmbulo faz, porque mesmo quando se desloca e parece ter certa coerência no que faz (por exemplo, coordenar perfeitamente as pernas ao descer as escadas) pode se machucar ao esquivar móveis, tropeçando, entre outras coisas.

Então, é preciso levá-los para a cama para que retomem o descanso. Quando o sonambulismo é muito repetitivo e se apresentam episódios de violência ou quando a pessoa se machuca ou se expõe ao perigo, é necessário ir ao neurologista para obter o tratamento adequado.

No caso das crianças, o sonambulismo não é uma questão de cuidado e, à medida que se desenvolvem, permanece em remissão até desaparecer.

Leia também: “Sonambulismo: Sintomas e Tratamentos“.

Casos Famosos de Sonâmbulos

Os episódios de sonambulismo têm causado situações das mais bizarras, mas também das mais trágicas. A seguir, uma breve revisão dos casos mais incríveis de sonâmbulos:

Adrián Chávez, vivia em Albuquerque, no Novo México. Ele relatou que sua irmã Adela se levantou às duas da manhã, saiu na rua vestida com roupas íntimas e subiu até o topo de um poste de iluminação. A garota estava no alto e muito perto dos cabos de alta tensão durante cinco minutos, até que desceu e, como se nada tivesse acontecido, voltou para a cama. No dia seguinte, não se lembrava de nada que havia vivenciado.

Era julho de 2008: Brian Thomas, de 59 anos, e sua esposa, Christine, dormiam em um carro no balneário de Aberporth (Ceredigion, centro oeste do País de Gales) depois de passar um dia de férias com sua família. Naquela noite, ele sonhou que alguns meninos invadiram sua casa e o atacaram, ao que ele se defendeu atacando um deles com uma chave inglesa. Quando acordou, sua esposa estava morta em sua cama. Mesmo quando a polícia o acusou de assassinato, ele foi deliberado por um júri por que se tratou de um crime involuntário, pois sua mente não estava consciente do fazia… Por causa do sonambulismo.

Nos Estados Unidos, um homem, saiu de sua cama, ligou seu carro e dirigiu 20 quilômetros até a casa de seus sogros. Uma vez ali, matou sua sogra e feriu seu sogro. Quando a polícia chegou, ele não lembrava nada além de que tinha dormido pensando no que diria aos seus sogros no dia seguinte, pois não conseguia emprego e tinha problemas financeiros. Aparentemente, o estado de pressão e ansiedade produziu o sonambulismo fatal.

No entanto, não fique alarmado. Nem todos os casos de sonambulismo terminam em fatalidades. Tudo é uma questão de fornecer cuidado ao paciente sonâmbulo e de procurar o médico para um adequado tratamento que lhe possibilite recobrar seus momentos habituais de sono.