A Dieta Paleolítica: Comer Como Os Homens Das Cavernas (I)

A dieta Paleolítica não é uma dieta no sentido que a maioria das pessoas interpreta, mas é uma forma de alimentação mais natural e livre de alimentos processados.

A filosofia desta alimentação enfatiza que durante os últimos 200 mil anos, os seres humanos se adaptaram biologicamente para poder digerir melhor os alimentos integrais, frutas, vegetais, carnes, peixes, etc. Mas quando a agricultura entrou em cena, há mil anos, as coisas mudaram.

Não houve tempo de evolução suficiente para que os seres humanos pudessem se adaptar a comer alimentos "modernos", como trigo, açúcar, vegetais processados quimicamente e óleos de sementes e outros pertencentes ao período "neolítico".

Não é por acaso que muitas doenças da civilização moderna, incluindo doenças autoimunes, cardiovasculares, diabetes tipo 2 e obesidade têm crescido junto com a expansão global dos alimentos industrializados.

A Dieta Paleolítica: Comer Como os Homens das Cavernas (I)

É por esta razão que o foco da dieta Paleolítica enfatiza um retorno à forma mais ancestral de comer. Cabe destacar que não se trata de comer literalmente como os homens das cavernas, mas reduzir a ingestão de carboidratos, alimentos processados, gorduras, açúcares, etc.

A dieta Paleolítica incentiva priorizar os alimentos integrais, não processados, ricos em nutrientes. Carnes e ovos provenientes de animais alimentados com pasto, frutos do mar e peixes capturados na natureza, frutas, frutos secos e sementes com moderação.

É preciso evitar os alimentos que geram uma inflamação sistêmica e os grãos que contém glúten, legumes, açúcares e os alimentos "Frankenstein" que são encontrados em quase todas as prateleiras do supermercado.

Leia também: "O Que se Pode Comer e o Que Não na Dieta Paleo".

O que Comer na Dieta Paleolítica:

A base da dieta são as verduras, em segundo lugar está à carne, o peixe e os ovos. E, por último, as frutas, os frutos secos, as sementes, óleos (oliva ou coco), especiarias e ervas.

  • Carnes de animais alimentados com pasto.
  • Peixes e frutos do mar.
  • Frutas frescas.
  • Verduras e hortaliças frescas.
  • Ovos.
  • Nozes.
  • Sementes.
  • Óleos (oliva, nozes, sementes de linhaça, macadâmia, abacate, coco).

No caso das verduras, quase todas estão incluídas, mas é preciso ter cuidado com aquelas que possuem um alto teor de amido, como batata, beterraba e abóbora, já que possuem um baixo valor nutricional em comparação com a quantidade de amidos.

Os frutos secos que podem ser ingeridos são:

  • Amêndoas.
  • Cajus.
  • Avelãs.
  • Castanha-Do-Pará.
  • Pinhões.
  • Sementes de abóbora.
  • Sementes de girassol.
  • Macadâmia.
  • Nozes.

Cuidado com os amendoins, porque não é um fruto seco, mas uma leguminosa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto