Seu bebê finalmente nasceu após uma longa espera. Como mãe, você vai ter muito o que pensar: alimentar o bebê, colocá-lo para dormir e, claro, se livrar do peso extra que ganhou através da sua gravidez e como reduzir a barriga após o parto.

Algumas mulheres que estavam com o peso normal antes da gravidez e não ganharam muito peso com a gestação, podem ter mais facilidade para reduzir o peso. Nesses casos, não leva mais de um mês ou dois para obter a forma física de antes. Tudo que você precisa fazer é observar o que você come e se exercitar.

Caso contrário, se você estava acima do peso antes da sua gravidez e ganhou ainda mais peso do que o seu médico orientou, pode levar mais tempo para se livrar dos quilos extras. É muito importante obter um peso saudável. Se você não fizer isso, pode ser conduzida a obesidade, que coloca sua vida em risco.

Leia também: “Como Recuperar a Forma Física Após a Gravidez“.

Dicas Para Emagrecer Após a Gravidez:

Evite dietas. Pode parecer estranho, mas seguir uma dieta pode dificultar a sua missão de perder peso. Imagine ter que evitar suas refeições favoritas enquanto já está se sentindo estressada? Cuidado! Isso pode realmente fazer você ganhar ainda mais peso. Se você comer alimentos frescos, em pequenas porções, horários bem definidos e distribuídos ao longo do dia, pode perceber que não vai passar fome e ainda conseguirá perder alguns quilos.

Como Perder Peso Naturalmente Após a Gravidez

Em vez de uma dieta, recomenda-se que você coma com qualidade, isso inclui frutas, verduras e legumes. Isso lhe dará energia para o dia inteiro e evitará a falta de nutrientes.

Opte pelos “Superalimentos”. Quando você se torna mãe, seu corpo requer uma melhor nutrição, especialmente quando você está amamentando. Escolha alimentos que sejam ricos nos nutrientes que você precisa e tenham menos calorias e gorduras.

O peixe é um desses alimentos. É carregado com ômega-3, uma gordura boa, que ajuda o seu bebê a desenvolver um sistema nervoso saudável.

Você deve também comer mais proteínas. Frango, carne e feijão são boas opções, eles têm alto teor de fibras e proteínas. São benéficos para você, e vão fazer com que se sinta saciada por um longo tempo.

Amamentar. Se a amamentação pode realmente ajudar você a perder algum peso é incerto, mas alguns pesquisadores descobriram que a amamentação pode ajudá-la a voltar ao seu peso pré-gravidez mais rápido. O que é certo é que a amamentação é saudável para o seu bebê. Ela aumenta a imunização e fornece muitos outros benefícios importantes para a saúde da criança.

Leia também: “Superalimentos Ricos em Gorduras Saudáveis“.

Beba muita água. Beber muita água durante o dia evita que você fique desidratada, também faz você se sentir mais completa, o que evita comer muito.

Exercício físico. Uma boa alimentação é importante, mas é apenas uma das coisas que você tem que fazer para perder peso pós-maternidade. Você também precisa incluir treinamento de força e exercícios aeróbicos em sua rotina diária, queimar mais calorias e ficar forte. Além de ajudá-la a perder peso, o exercício também contribui para muitos benefícios para uma nova mãe. Ele te ajuda a combater a depressão, evita qualquer problema de sono e alivia o estresse.

Se você não tempo para ir a uma academia após a gravidez, pode dar um passeio rápido com seu bebê. Isso é suficiente para conseguir que o seu coração bombeie mais rápido e os músculos entrem em execução.

Recupere o sono que você perdeu. Pode não parecer possível obter um total de oito horas de sono quando se tem uma criança precisando de você o tempo todo. Mas estar privado de sono pode tornar ainda mais difícil sua tarefa de perder peso. Em uma pesquisa, as mães novas que dormiram somente cinco horas ou menos em uma noite tiveram mais dificuldade em perder seu peso extra da gravidez. As mulheres que dormiam sete horas perderam seu peso rapidamente.

Quando você está exausta, seu corpo libera hormônios do estresse como o cortisol e outros. Esses hormônios aumentam o ganho de peso. Além disso, quando você está cansada, não se sente bem para cuidar de si mesma e tende a comer alimentos menos saudáveis. Também fica mais difícil praticar uma atividade física.