Você experimentou alguma vez o óleo de coco como elemento para fortalecer a sua dieta? Pois não é uma má ideia levar isso em conta. Leia este artigo e descubra tudo sobre as suas propriedades para ativar o metabolismo.

O óleo de coco deixou de ser algo como um demônio, por seu teor de gorduras saturadas, para ser considerado um dos melhores aliados que pode ter uma pessoa em uma dieta de qualquer tipo. Este óleo ganhou popularidade, devido aos benefícios que têm sido descobertos ao longo dos anos. E é por isso, precisamente, que a sua utilização na dieta é cada vez mais comum, pois é excelente para acelerar o metabolismo.

Leia também: “Algumas Dicas de Dietas Para Emagrecer: Alimentos com Calorias Negativas”.

Por Que o Óleo de Coco Pode Ajudar Com o Seu Metabolismo

  • É a gordura mais “amigável” para a sua dieta. Sua gordura durante muito tempo foi extremamente difamada e considerada um “tapa artérias”, agora a coisa é tão diferente para o óleo de coco, que está sendo considerada a gordura mais benéfica para qualquer tipo de dieta. E isto é devido ao seu elevado nível de triglicerídeos de cadeia média.
  • Quanto aos triglicerídeos de cadeia média, trata-se de gorduras que são muito mais fáceis de queimar e com mais disponibilidade para o organismo. Não se acumulam com tanta facilidade no corpo como outros lipídeos muito mais prejudiciais para uma dieta.
    Como Usar o Óleo de Coco Para Acelerar o Metabolismo
  • Favorece o gasto energético. O óleo de coco tem o que se conhece como propriedades termogênicas que aumentam o trabalho do metabolismo, inclusive quando você está descansando. Entre uma e duas colheres de sopa deste óleo por dia pode te ajudar a queimar até 5% mais energia. Esta é uma das chaves para o seu papel metabólico, atuando com um queimador de gordura, como a pimenta caiena ou o chá verde, apenas para citar dois outros exemplos bastante característicos.
  • Ajuda a comer menos. O óleo de coco é considerado de gorduras saciantes, pois te dá à sensação de que você não tem fome ou vontade de comer como quando você toma outras coisas. Por esta razão, é particularmente útil para aqueles que tendem a sofrer de compulsão alimentar, por exemplo.
  • Colaboraria para eliminar a gordura abdominal. Enquanto o seu corpo não eliminaria a gordura de determinadas áreas de forma seletiva, um estudo realizado no Brasil determinou que aqueles que consumiram óleo de coco durante um estudo, não apenas reduziram o seu colesterol ruim e aumentaram o bom, mas que também perderam gordura na barriga. Um detalhe mais que interessante para os que apontaram para esta área.

Leia também: “Os Alimentos que Acumulam Gordura no Abdômen”.

Como Usar o Óleo de Coco Para Ativar o Metabolismo:

Você não terá absolutamente nenhum problema no momento de usar um bom óleo de coco. Você pode simplesmente cozinhar com ele, ou adicioná-lo a determinadas refeições. Suporta bem as altas temperaturas e combina maravilhosamente, tanto com alimentos doces como salgados, deixando um suave retrogosto de coco que fica realmente muito bom.

Se você quiser, pode misturá-lo em um batido com algumas frutas. Se você quiser usar em algo salgado, use-o diretamente em um molho de salada ou como preferir. Com uma, duas, três colheres de sopa por dia, você terá todos os benefícios. Por esta razão, não deixe de considerá-lo, pois é uma alternativa mais que valiosa, se consegue com maior facilidade do que no passado, embora costume ser algo bastante caro em alguns lugares.

O óleo de coco se usa na medicina aiurvédica e também é bom para aqueles que sofrem de hipotireoidismo. Em contas definitivas, já é hora de dar-lhe uma oportunidade em sua dieta, substituindo de uma vez o óleo de sementes por este tipo de gorduras de cadeia média. Além disso, é perfeitamente combinável com o azeite de oliva, que também é uma gordura saudável para a sua alimentação diária.