Dieta Anti-Inflamatória Para Emagrecer

A dieta anti-inflamatória, tal e como o próprio nome sugere, busca reduzir a inflamação do corpo, para promover a redução de peso, juntamente com muitos outros benefícios para a saúde.

Os alimentos utilizados nesta dieta são ricos em ômega-3 e antioxidantes, a fim de promover uma perda de peso mais fácil, retardando o processo de envelhecimento e prevenir doenças.

Como funciona a dieta anti-inflamatória

O salmão, sementes de linhaça, nozes e outros alimentos ricos em ácidos graxos ômega-3 são essenciais para este plano de alimentação.

Dieta Anti-Inflamatória Para Emagrecer

Os abacates, nozes e azeite de oliva são consumidos, porque fornecem gorduras monoinsaturadas e existe um abundante uso de especiarias, especialmente as "quentes", como pimentas, gengibre, alho e pimentão.

Esta dieta também enfatiza as cores dos alimentos (preferindo os de tons brilhantes e intensos), as frutas ricas em antioxidantes e verduras, como as frutas vermelhas, brócolis, cenoura e espinafre.

Quanto à carne devem ser consumidas as magras e produtos lácteos baixos em gorduras saturadas.

Os óleos vegetais ricos em ácidos graxos ômega-6 devem ser eliminados porque promovem a inflamação, assim como os carboidratos simples.

Existem muitas variedades de dietas anti-inflamatórias, mas a maioria gira em torno da mesma lista de alimentos.

Para poder variar um pouco as refeições, você pode escolher outros tipos de peixes, carnes, frutas, verduras, grãos e especiarias, sempre respeitando as restrições.

Dicas para começar uma dieta anti-inflamatória

  • Reduzir a ingestão de gorduras não saudáveis. É preciso eliminar os óleos ricos em ômega-6, assim como a margarina, os alimentos fritos e aqueles que contêm gorduras trans e gorduras saturadas.
  • Aumentar o consumo de óleos monoinsaturados. Em cada refeição é preciso ter presente azeite de oliva e os ácidos graxos ômega-3 que se encontram nos peixes gordos, óleo de peixe, nozes e óleo de noz, sementes e óleo de linhaça, sementes de cânhamo e óleo de cânhamo.
  • Remover os carboidratos não saudáveis.Eliminar da dieta diária as farinhas refinadas, açúcares e outros alimentos altos em índice glicêmico.
  • Incorporar uma grande quantidade de frutas e verduras. É conveniente incorporar alimentos com alto teor de antioxidantes, como mirtilos, morangos e verduras de folhas verdes.
  • Comer ervas e especiarias inflamatórias. É preciso condimentar os pratos com gengibre, açafrão, pimenta, alho e cebola.
  • Eliminar os alimentos que causam sensibilidades. É necessário evitar os alimentos que dão lugar a sensibilidades e alergias. Como pode ser o leite em pessoas com intolerância à lactose, ou os ovos em alérgicos, etc.
  • Reduzir o estresse. Embora isto não esteja relacionado com a alimentação, reduzir os níveis de estresse pode ajudar a minimizar a inflamação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto