Dieta Paleo: Como Funciona, O Que Comer E O Que Não Comer Na Dieta Paleolítica

Todos os detalhes da dieta paleo, o que comer e o que evitar. Comece, agora, facilmente a perder peso e ter uma melhor saúde seguindo os passos dos nossos antepassados.

Leia também: "É Saudável a Dieta Paleolítica?".

Como Funciona a Dieta Paleo:

A dieta da maioria das pessoas na atualidade no mundo "desenvolvido" é muito rica em carboidratos.

De forma simplificada o corpo humano tem o seguinte sistema para a obtenção de energia que nos faz funcionar diariamente:

  • Seu recurso mais rápido de energia é o "açúcar" (carboidratos), que converte em glicogênio e que usa para esforços fortes e explosivos, assim como para esforços sustentados durante muito tempo.
  • O recurso mais lenta é a gordura, que se usa como fonte de energia em atividades menos exigentes (caminhar, correr, etc.).
Dieta Paleo: Como Funciona, o que Comer e o que não Comer na Dieta Paleolítica

O problema é que o corpo apenas pode armazenar uma pequena quantidade de carboidratos de modo que estejam prontos para serem usados como energia rápida (devido ao fato de que o seu corpo está projetado para viver em um ambiente no qual havia muito poucos carboidratos).

Dessa forma, quando você acorda de manhã e toma um café com um muffin ou alguns biscoitos, já enche suas reservas de "açúcar". O resto dos carboidratos que você consome são convertidos em gordura que é armazenada em seu corpo para usar como energia no futuro.

Nossos ancestrais apenas comiam plantas e animais (de muitas formas diferentes) para obter todos os nutrientes de que precisavam. Além disso, comiam muito mais esporadicamente, devido ao fato de que não tinham um fornecimento constante de alimentos como temos hoje em dia, por isso o ser humano se adaptou a armazenar energia na forma de gordura para usá-la como energia durante os períodos de escassez. Desta forma, atualmente a maioria das pessoas ao comerem diariamente excessivas quantidades de carboidratos armazenam muito mais gordura do que gastam, por isso levando uma dieta adequada você pode mudar isso e este sistema está ao seu favor, mantendo um nível ideal de gordura corporal e estabilizando o seu apetite e níveis de energia.

Neste artigo te apresentamos uma maneira de comer saudável, mediante a redução do consumo de carboidratos processados (não apenas açúcar, mas também grãos cultivados, inclusive os integrais), o que produz o efeito de moderar a produção de insulina. Essa simples mudança, te ajudará a evitar os desagradáveis efeitos físicos imediatos de uma dieta típica rica em carboidratos, te ajudará a ter sucesso em seus objetivos para perder peso e a prevenir muitos dos problemas de saúde e doenças relacionadas com o estilo de vida moderno.

Leia também: "Dieta Paleolítica: Saiba Quais os Alimentos Permitidos Nessa Dieta".

O que Comer na Dieta Paleo?

A base da sua dieta Paleo devem ser as verduras. Em segundo lugar está a carne, o peixe e os ovos. E, por último, frutas, frutos secos, sementes, óleos (azeite de oliva ou óleo de coco), especiarias e ervas.

É simples assim. Se você quer simplificar ainda mais, poderíamos dizer que você deve comer plantas (verduras, frutas, frutos secos, sementes, ervas e especiarias) e produtos animais (carne, peixe e ovos).

Enquanto que as verduras, frutas, ervas e especiarias não fornecem muitas calorias, deveriam ser a principal fonte da qual se obtém os carboidratos (os poucos que você vai consumir) e micronutrientes (vitaminas, minerais, etc.).

Os frutos secos, sementes e produtos de origem animal são caloricamente densos, estimulam uma produção de insulina mínima e são uma fonte perfeita de proteínas e gorduras saudáveis.

Pode te custar um pouco concentrar sua dieta em torno das verduras, já que estamos tão acostumados a comer coisas processadas, embaladas e ricas em carboidratos. Não siga o exemplo dos restaurantes que servem algumas pequenas quantidades de verduras como decoração e te servem grandes porções das mesmas que enchem o seu prato. Desfrute das verduras cruas, refogadas, cozidas ou assadas. Faça deliciosas cremes de verduras, compre algumas que nunca tenha experimentado e se informe sobre as melhores receitas.

Na era paleolítica, a maioria das calorias da dieta humana provinha de comer todos os tipos de animais, incluindo insetos, anfíbios, aves, seus ovos, peixe e mariscos, pequenos mamíferos e, ocasionalmente, alguns maiores. Aqueles humanos que viviam perto do Equador comiam mais plantas e menos animais, enquanto que aqueles que viviam em latitudes mais frias tinham menos plantas a sua disposição, por isso consumiam mais carne.

Estas refeições lhes proporcionavam quantidades consideráveis de proteínas e todos os tipos de ácidos graxos e vitaminas. Estima-se que nas épocas de abundância comiam entre 300 e 400 gramas de proteínas e até 200 ou mais gramas de gordura em um dia e ainda assim mantinham um físico magro e esbelto. Claro que também consumiam muito poucos carboidratos, por isso mantinham níveis baixos de insulina e eram excelentes usando a gordura como fonte de energia.

Leia também: "A Dieta Paleolítica: Comer Como os Homens das Cavernas (I)".

O Que Não Comer na Dieta Paleo?

Hoje em dia, o número de agentes tóxicos na nossa dieta é pior do que nunca. Por tóxicos queremos dizer os produtos manufaturados que são estranhos para os nossos genes e que alteram o funcionamento normal e saudável do corpo humano.

Os piores de todos são os óbvios: refrigerantes, açúcares, gorduras quimicamente alteradas e alimentos altamente processados.

No entanto, outras refeições são geralmente aceitas como saudáveis ou energéticas mesmo sendo igualmente "venenosas" na nossa dieta: grãos processados (cereais, trigo, farinha e seus derivados, pão, massas, milho, etc.).

Você leu certo, estes produtos são geralmente inapropriados para o consumo humano, já que o nosso sistema digestivo e nossos genes não tiveram tempo para se adaptar à estrutura proteica dos grãos e a carga excessiva de carboidratos de todas as formas de grãos cultivados, incluindo os integrais.

Evitar completamente na Dieta Paleo:

  • Qualquer coisa açúcar: refrigerantes, sucos, doces, etc.
  • Qualquer coisa com farinha, trigo, milho: pão, massas, pizza, etc.

Coma Somente De Vez Em Quando e Em Pequenas Quantidades:

Embora não seja precisamente o que consumiam os nossos antepassados, um consumo moderado dos seguintes alimentos pode adicionar um benefício nutricional em sua dieta sem consequências negativas, desde que não lhes dê muito protagonismo. Se seu objetivo é uma redução a níveis ambiciosos de gordura corporal (menos de 10%) deveria também eliminar esses alimentos.

Neste caso falamos de: café, produtos lácteos, álcool, chocolate e arroz (evitar outro que não seja o arroz branco).

Nesta categoria também entrariam os legumes, que são ricas em minerais como o potássio e o magnésio, mas são pobres em proteínas em comparação com a carne e bastante ricos em carboidratos.

Se esta dieta envolve uma mudança muito significativa em relação a sua dieta atual, é recomendável que você vá fazendo alterações pouco a pouco, já que uma mudança muito brusca pode provocar o fracasso. É preferível que você vá mudando lentamente a sua forma de comer para que seja mais fácil se acostumar, sempre mantendo o objetivo final em mente. Por exemplo, comece eliminando os refrigerantes, ou talvez o pão e quando você estiver acostumado dê mais um passo, como, por exemplo, eliminando as massas ou os sucos.

Qual é a sua experiência com a dieta paleo? Qualquer opinião, dúvidas ou sugestões são bem-vindas, deixe seu comentário.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto