Não existe dúvidas de que os efeitos benéficos do sono são muitos. Foi descoberto, anos atrás, que o sono adequado nos faz ter um melhor desempenho, ou seja é possível emagrecer dormindo.

Biomedical Research Center em Red-Fisiopatológicos da Obesidade (CIBERobn) anunciou os múltiplos benefícios de cochilar para emagrecer, especialmente em crianças. Este estudo tem mostrado que um sono bom ou ruim afeta diretamente o nosso ritmo circadiano, especialmente em crianças. Quando esses ritmos são alterados todo o nosso metabolismo sofre um desequilíbrio, incluindo o sistema hormonal.

Entre a pesquisa relacionada ao sono e ao desenvolvimento de obesidade e diabetes tipo 2, não há a menor dúvida, cientificamente comprovada, a relação é direta.

Uma das descobertas mais importantes é que a privação do sono aumenta os níveis de grelina, e como sabemos esse hormônio está diretamente relacionado com a fome. Há mais grelina no corpo quando se está com fome e fica mais difícil de emagrecer sem dormir.

Emagrecer Dormindo é Realidade

Outro dado fundamental é que o sono não diminui os níveis de leptina e este hormônio está intimamente relacionado com a magreza. E o coquetel é servido: pouco sono aumenta a grelina e diminui a leptina sendo assim dormir para emagrecer é uma boa ideia.

Além disso, embora intimamente relacionada com a leptina, é que o sono dos pobres é maior, e isso é devido aos baixos níveis de leptina para suprimir a fome. A falta de leptina aciona um sinal que diz ao corpo que faltam reservas de energia, você deve comer mais.

Lembre-se temos que dormir oito horas e trabalhar oito para uma boa saúde.

Para mais informações, não deixe de ler o artigo “Cinco Benefícios de Dormir Bem”.