A antidieta é um novo conceito de alimentação cujo objetivo é conseguir que a pessoa perca peso, mas sem reduzir a quantidade de calorias, mas fornecendo algumas diretrizes alimentares que a ajude a estar mais saudável, apenas combinando de uma nova maneira os alimentos que normalmente consome para tirar maior proveito e manter a forma. Seguindo ao pé da letra, este programa pode chegar a reduzir até um máximo de dois quilos por semana.

Basicamente, este trabalha favorecendo uma boa digestão, um bom nível de energia e a eliminação de toxinas do organismo, através de uma boa alimentação e um peso adequado. Nesta disciplina, é mais importante aprender a combinar os alimentos do que reduzir a quantidade de calorias por dia. Também são muito importantes os horários de alimentação, onde as primeiras horas da manhã nos indicam que estamos na fase de eliminação de toxinas; a tarde é a fase de digestão e à noite entraremos na fase de reconstrução corporal.

Como Funciona a Antidieta?

  • Nas manhãs apenas é permitido consumir frutas frescas, evitando pão, café e cereais como aveia. Além disso, se você tem fome no meio da manhã, apenas pode consumir duas bananas.
  • As frutas e sucos devem ser consumidos até o meio dia, e com um tempo mínimo de espera de 20 minutos antes de ingerir outro alimento.
    O Que É a AntiDieta?
  • Se no almoço você vai consumir carne, peixe ou outro tipo de proteínas, não consuma com batatas, arroz, macarrão ou legumes.
  • À noite você pode comer tudo, mas sem exagerar.

Este sistema de alimentação é baseado nas dietas dissociadas que separam o consumo de carboidratos e proteínas para facilitar a assimilação de nutrientes. Por esta razão, a antidieta exige esperar quatro horas antes de voltar a comer para garantir a digestão; mas se você fez uma combinação fracassada, ou seja, a de misturar amido com amido ou proteína com proteína, é preciso esperar pelo menos 8 horas.

Quanto ao consumo de produtos lácteos, não existe nenhuma objeção, portanto pode ser tomado diariamente.

Para mais informações sobre as dietas dissociadas, recomendamos a leitura do artigo “Dicas Sobre As Dietas Dissociadas“.