A obesidade é uma das principais causas de morte em muitos países do mundo e, portanto, inúmeros estudos estão concentrados na resolução deste problema de saúde pública, assim como em todas as doenças associadas.

Uma das questões estudadas é a relação existente entre o cérebro e o peso ideal de uma pessoa. Dentro deste quadro é onde se desenvolve a opto genética, um novo método que busca conseguir uma estimulação neuronal suficiente através de flashes de luz para manipular as funções cerebrais, como o apetite, a necessidade de comer, a sensação de saciedade, etc.

A opto genética é o resultado de uma simbiose entre os avanços médicos na genética e vários métodos ópticos com a finalidade de controlar o funcionamento da atividade celular em tecidos vivos, sempre com uma precisão temporal para garantir o seu ritmo natural.

Ranier Gutierrez, pesquisador do Laboratório de Neurobiologia do Apetite, comenta sobre esta recente metodologia e como pode ser útil no controle do peso corporal de uma pessoa em um dia.

A alga Chlamydomonas reinhardtli é o eixo central sobre o qual se desenvolve o método da opto genética, isto se deve à capacidade que tem o organismo para movimentar-se no sentido de uma fonte de luz.

Opto Genética, Novo Método para Emagrecer

Desta alga é que os especialistas extraem uma proteína que é então inserida no cérebro de um ser vivo.

Uma vez que esta proteína está dentro do corpo, se utilizam diversos flashes luminosos intermitentes para estimular a produção de impulsos elétricos nos neurônios e, assim, estimular o circuito cerebral que controla o apetite, o sono, as dependências.

Com o método da opto genética é possível ativar a atividade neuronal do hipotálamo e, portanto, controlar o apetite de forma eficaz. O mais surpreendente do caso é que, segundo afirma o Dr. Ranier Gutierrez, é possível conseguir uma perda de peso significativa durante o curso de 24 horas.

Embora estes resultados não sejam conclusivos, o mesmo especialista explica que ainda restam muitos estudos para determinar o tipo específico de neurônio que é necessário estimular para tratar o excesso de peso nos seres humanos.

Mas estes benefícios do método da opto genética não são os únicos, esta ciência também seria capaz de identificar as células responsáveis por doenças importantes, tais como crises epilépticas, distúrbios no sono, problemas de visão e dependência de drogas.