As pessoas que estão acima do peso tendem a se sentir mal sobre si mesmas. A razão pode ser um problema de saúde resultante do excesso de peso, por ter baixa autoestima. Estes fatores fazem muitas delas decidirem por uma dieta. Ao decidir sobre uma dieta temos que aplicar o bom senso e não nos deixarmos cegar por receitas milagrosas que colocarão nossa saúde em risco. Uma opção recomendável é visitar um médico nutricionista. Ele saberá qual dieta é adequada para nós, de acordo com a nossa constituição e o nosso modo de vida.

Por exemplo, para uma pessoa que é sedentária, o dia todo trabalhando em seu escritório, o médico poderá prescrever uma dieta de 1.200 calorias, mas isso será insuficiente se a pessoa tem um trabalho muito ativo.

Não podemos esquecer que além da dieta é necessário ajudar com um pouco de exercício físico. Se você é sedentário tem que encontrar uma maneira de fazer algo que te ajudará a alcançar o seu peso ideal. A dieta precisa de um pouco de ajuda. Desnecessário lhe indicar uma academia se o esporte lhe aborrece extremamente. Basta caminhar levemente durante meia hora por dia. Ir à pé para o trabalho, estacionar o carro um pouco mais longe de casa e subir escadas. São pequenos hábitos que são suficientes para incorporar o exercício em nossas vidas diárias.

Leia também: “Como Perder Peso: Conselhos Para Perder Peso de Forma Fácil“.

Perder Peso de Forma Saudável | Dicas de Dieta e Exercício Para Perder Peso

Não Há Necessidade de Passar Fome

A razão por que muitas pessoas abandonam as dietas é o fato de que começam a passar fome. Isso pode causar ansiedade, alterações de humor e mal-estar geral. Não há necessidade de passar fome. Basta mudar os nossos hábitos alimentares. Se chegamos em casa muito tarde e estamos cansados e decidimos cozinhar espaguete, que prazer comer essa massa! Ou podemos abrir um saco de salada (que já vem limpo e cortado), alguns tomates cereja e um pouco de queijo branco. O tempo é o mesmo e vamos comer algo muito mais leve.

Perder Peso de Forma Saudável

Temos que nos acostumar que a carne e o peixe acompanhem o prato e não o inverso. Com 100 gramas de arroz, 150 gramas de carne vermelha ou peixe ou carne branca temos o suficiente em cada refeição. A carne ou o peixe tem que acompanhar 250 gramas de legumes ou salada e duas fatias finas de pão. No total mais de meio quilo de comida por refeição, não há perigo de passar fome.

É importante que se faça cinco refeições por dia. Cortar o lanche, por exemplo, só fará com que o nosso corpo produza mais gordura. Todos os nutricionistas recomendam que se alimente diariamente com cinco refeições. De manhã um café completo, no meio da manhã um lanche, almoço, café da tarde e um jantar. Evite os “beliscos” que tanto engordam. Devemos comer essas cinco vezes de modo regular para evitar os ataques de ansiedade que acabam por minar nossa força de vontade.