O Que é Ambroxol?

O Ambroxol é um medicamento com propriedades expectorantes, pertencente ao grupo dos chamados mucolíticos. A droga é confiável, segura e de suaves efeitos colaterais, usada para limpar as vias respiratórias.

Ambroxol tem anti-inflamatório e tem um efeito intrínseco discreto antitussígeno. É utilizado em processos que exigem a expulsão de muco brônquico para impedir a associação nos alvéolos pulmonares.

O Ambroxol é indicado para infecções respiratórias, como asma brônquica, bronquite aguda e crônica, pneumonia, laringite, sinusite, rinite, bronquiectasia seca, laringotraqueite, traqueobronquite, entre outros.

O Ambroxol é rapidamente absorvido da boca para o intestino. É comercializado nas apresentações oral, parenteral e por inalação, pode ser usado sozinho ou em combinação com um broncodilatador. Também pode ser usado com antibióticos por via oral para o tratamento de infecções do tipo brônquica.

O Ambroxol pode ser administrado em comprimidos, solução, xarope ou gotas pediátricas.

Informe o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico se…

  • É alérgico a algum medicamento, prescrito ou não.
  • Estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento.
    Ambroxol (Oral)
  • Estiver amamentando.
  • Está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não.
  • Tiver outros problemas médicos; especialmente gastrite ou úlcera péptica.

Posologia

Ambroxol comprimidos deve ser engolido com água, de preferência após as refeições.

As cápsulas não devem ser mastigadas.

Para melhorar a eficácia do medicamento tente beber muita água e outros líquidos, a menos que seu médico lhe diga o contrário.

A dose apropriada de Ambroxol pode ser diferente para cada paciente.

Leia também: “Bronquite: Sintomas e Remédios Caseiros“.

Precauções

O Ambroxol não deve ser administrado a pacientes com gastrite ou úlcera péptica, pois irrita a mucosa gástrica.

Mulheres grávidas ou amamentando devem evitar o consumo de álcool.

Se você esquecer uma dose, tome o mais rapidamente possível. Se é quase a hora da dose seguinte não duplique, e em seguida volte ao sistema posológico regular.

Nos casos em que somente uma inalação diária é possível, deve ser complementada com outras formas de gestão de terapia.

Aqueles com doença renal ou hepática, devem reduzir a dose ou aumentar o intervalo de administração do medicamento.

O Ambroxol não pode ser utilizado para aliviar a tosse crônica causada pelo tabagismo, asma, enfisema ou tosse seca.

Esta medicação deve ser tomada com cautela se o paciente teve convulsões ou tem problemas neurológicos.

Efeitos Colaterais

Ambroxol é geralmente bem tolerado. Raramente ocorre na natureza gastrointestinal efeitos colaterais como dor abdominal, náuseas, vômitos e diarreia. Alguns desses sintomas podem desaparecer quando o seu corpo se ajusta ao medicamento.

Também pode ocorrer a partir de sintomas alérgicos, tais como prurido, urticária ou manchas vermelhas na pele, boca seca ou salivação e febre, e menos frequentemente erupções cutâneas, constipação, vias aéreas secas.

Se administrado como um aerosol para pacientes asmáticos, pode causar broncoespasmo, que podem ser prevenidos por um broncodilatador antes.