O Que São Anestésicos Locais?

Os anestésicos locais são administrados por injeção para provocar perda de sensibilidade antes e durante a cirurgia, trabalho dental (incluindo cirurgia dentária) ou parto. Eles não causam perda de consciência.

Estes medicamentos são indicados apenas por ou sob a supervisão imediata de um médico ou dentista, ou um enfermeiro com formação específica em consultório médico ou hospital.

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causa preocupação especial ou quiser mais informações sobre o seu medicamento e sua utilização, consulte o seu médico, dentista, enfermeiro ou farmacêutico.

Informações Importantes:

Informe o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico se…

  • É alérgico a algum medicamento, prescrito ou não.
  • Estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento.
  • Estiver amamentando.
  • Está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não.
  • Tiver outros problemas médicos; faz uso de cocaína ou outras drogas.

Para guardar este medicamento:

Mantenha fora do alcance das crianças. Armazene longe do calor e da luz direta. Calor ou umidade podem alterar o medicamento. Evite congelar esta medicamento. Não guarde medicamentos desatualizados ou medicamento não mais necessário. Certifique-se de que está descartado qualquer medicamento fora do alcance das crianças.

Anestésicos Locais (Injetável)

Leia também: “Clareamento Dental – Técnicas de Clareamento Dental“.

Precauções

Para os pacientes que podem ir para casa antes de passar a dormência ou perda da sensação causada pelo anestésico:

Durante o período em que a zona injetada é insensível, ferimentos graves podem ocorrer sem que você perceba. Tome especial cuidado para evitar lesões até cessar a anestesia.

Se você recebeu a injeção de anestésico local em sua boca, não masque chiclete ou consuma alimentos enquanto sua boca está dormente. Você pode se machucar ou morder a língua dentro de suas bochechas.

Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados imediatamente ao seu médico:

Menos comum ou raro – os lábios roxos e as unhas, dor no peito, convulsões, dificuldade para respirar, tontura, sono, fadiga, dor de cabeça, batimentos cardíacos irregulares, prurido, náuseas ou vômitos, inchaços vermelhos na pele, lábios , língua ou garganta, taquicardia, agitação, fraqueza ou cansaço.

Outros efeitos colaterais que devem ser comunicados ao seu médico ou dentista.

Menos comum ou raro – dores nas costas, diminuição da capacidade sexual, dificuldade em abrir a boca, incapacidade de mover as pernas, perda do controle da bexiga ou intestino, dormência (contínua); tremores, erupção cutânea, formigamento na boca ou lábios.

Outros efeitos secundários não mencionados acima podem também ocorrer em alguns pacientes. Caso detecte outros efeitos, consulte o seu médico ou dentista.