O que é asparaginase?

Asparaginase está em um grupo de medicamentos chamados enzimas. Ele é usado para tratar alguns tipos de câncer de sangue. Este medicamento pode também ser utilizado para outros tipos de câncer, conforme determinado pelo seu médico.

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causarem uma preocupação especial ou quiser mais informações sobre o seu medicamento e sua utilização, consulte o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Informações importantes:

Converse com seu médico sobre os possíveis efeitos colaterais deste medicamento. Alguns deles podem ser graves ou de longa duração.

Informe o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico se. . .

  • é alérgico a algum medicamento, prescrito ou não;
  • estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento;
  • estiver amamentando;
  • está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não;
  • possui algum outro problema médico, especialmente varicela (incluindo exposição recente), herpes zoster, infecção, doença hepática ou pancreatite (inflamação do pâncreas);
  • sempre foi tratado com radioterapia ou medicamentos contra o câncer.

Modo de Usar:

Asparaginase (injetável)

Embora a utilização deste medicamento seja com o próprio médico, o médico pode querer que você beba mais líquidos para urinar mais. Isto ajudará a prevenir problemas renais e manter seus rins funcionando bem.

Este medicamento muitas vezes provoca náuseas, vômitos e perda de apetite. No entanto, é muito importante continuar recebendo esta medicação, mesmo se você sentir desconforto ou começar a se sentir mal. Depois de várias doses, esse desconforto deve diminuir. Pergunte ao seu médico, enfermeiro ou farmacêutico sobre maneiras de diminuir estes efeitos.

Precauções:

É muito importante que o seu médico verifique o seu progresso em visitas regulares para se certificar que este medicamento está funcionando corretamente e para verificar os efeitos indesejados.

Enquanto estiver em tratamento com este medicamento e quando o tratamento terminar, não receba qualquer imunização (vacinação) sem autorização do seu médico.

Efeitos Colaterais:

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados imediatamente ao seu médico:

Mais comuns: dor nas articulações, inchaço da face, prurido ou coceira, dor de estômago (grave) com náuseas e vômitos e dificuldade de respiração.

Menos comuns: micção frequente, inchaço dos pés, sede incomum.

Raros: febre ou calafrios, dor de cabeça (grave), incapacidade para mover o braço ou a perna, infecção, dor nas pernas, sangramento ou ferimento incomum.

Outros efeitos colaterais que devem ser comunicados ao seu médico:

Menos comuns: confusão, alucinações durante o sono, dor nas costas ou na lateral, depressão, nervosismo, dor na boca ou nos lábios, cansaço.

Os efeitos colaterais que geralmente não requerem atenção médica:

Estes efeitos secundários podem desaparecer durante o tratamento. No entanto, se eles continuam ou são incômodos, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Mais comuns: dor de cabeça (leve), perda de apetite, náuseas ou vômitos, cólicas abdominais, perda de peso.

Outros efeitos secundários não mencionados acima podem também ocorrer em alguns doentes. Se notar qualquer outro efeito, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Depois de parar de usar essa medicação, podem continuar ocorrendo alguns efeitos colaterais que precisam de atenção. Durante este tempo, verifique com seu médico ou enfermeira imediatamente se algum dos seguintes efeitos secundários ocorrerem: dor de cabeça (grave), incapacidade de mover o braço ou a perna, dor de estômago (grave) com náuseas e vômitos.