O Que São Barbitúricos?

Barbitúricos pertencem ao grupo de medicamentos chamados depressores do sistema nervoso central. Alguns barbitúricos podem ser usados antes da cirurgia para aliviar a ansiedade. Além disso, alguns também são usados para ajudar no controle de crises ou certos distúrbios como a epilepsia. Barbitúricos podem também ser usados para outras circunstâncias determinadas por seu médico.

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causarem uma preocupação especial ou se quiser mais informações sobre o seu medicamento e sua utilização, consulte o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico. Lembre-se de manter este e todos os outros medicamentos fora do alcance das crianças e nunca compartilhe seus medicamentos com outras pessoas.

Informações Importantes

Informe o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico se…

  • É alérgico a algum medicamento, prescrito ou não.
  • Estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento.
  • Estiver amamentando.
  • Está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não.
  • Possui algum outro problema médico.

Posologia

Use este medicamento somente como prescrito. Se usado durante muito tempo ou com altas dosagens, pode tornar-se viciante. Mesmo se você achar que este medicamento não está funcionando, não aumente a dose. Em vez disso, consulte o seu médico.

Barbitúricos (Oral)

Se estiver tomando este medicamento para a epilepsia, deve ser tomado todos os dias em doses regularmente espaçadas de modo que você possa controlar suas apreensões.

Se estiver tomando este medicamento regularmente e esquecer uma dose, tome logo que possível. No entanto, se estiver quase na hora da dose seguinte, pule a dose esquecida e retome seu esquema posológico regular. Nada de doses duplas.

Para guardar este medicamento:

Mantenha fora do alcance das crianças. Armazene longe do calor e da luz direta. Não armazene no banheiro, perto da pia da cozinha, ou em outros lugares úmidos. Calor ou umidade podem comprometer o medicamento. Não guarde medicamentos vencidos.

Leia também: “Ansiedade – Terapias Naturais Para Aliviar a Ansiedade“.

Precauções

Se estiver tomando este medicamento regularmente por um longo tempo, não pare de tomar sem primeiro consultar o seu médico.

Barbitúricos aumentam os efeitos do álcool e outros depressores do sistema nervoso central. Consulte o seu médico antes de tomar calmantes ao usar este medicamento.

Este medicamento pode causar em algumas pessoas sonolência e tontura.

Certifique-se de que você saiba como reage a este medicamento antes de conduzir ou utilizar máquinas ou realizar outras tarefas que exijam estar alerta.

Talvez pílulas anticoncepcionais contendo estrógeno possam não funcionar corretamente se você tomar juntamente com barbitúricos.

Gravidez não planejada pode ocorrer.

Use um controle de natalidade diferente ou adicional quando utilizar este medicamento.

Se você tiver dúvidas sobre este assunto, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Se você tem que tomar este medicamento por um longo tempo e achar que você pode ter se tornado mentalmente ou fisicamente dependente deste medicamento, consulte seu médico.

Alguns sinais de dependência física ou mental são:

• Forte desejo ou necessidade de continuar tomando a medicação.

• A necessidade de aumentar a dose para receber os efeitos dessa medicação.

Se você acha que você ou outra pessoa possa ter tido uma overdose, obtenha ajuda de emergência imediatamente. Tomar uma overdose de um barbitúrico ou tomar bebidas alcoólicas ou outros depressores do sistema nervoso central pode levar à morte. Alguns sinais de superdosagem incluem diminuição dos reflexos, sonolência, confusão mental ou fraqueza forte, falta de ar ou dificuldade para respirar, batimento cardíaco lento, fala arrastada.

Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados imediatamente ao seu médico:

Raros: úlceras sangrentas nos lábios, dor no peito, febre, dor ou pontadas nos músculos e articulações, pele vermelha, espessada ou escamosa, prurido ou urticária, feridas, úlceras ou manchas brancas na boca (dolorosas), dor de garganta, inchaço das pálpebras, face ou lábios, sensação de aperto no peito ou sibilância.

Outros efeitos colaterais que devem ser comunicados ao seu médico:

Menos comuns: excitação, confusão, depressão mental.

Raros: alucinações, hemorragias, hematomas, cansaço ou fraqueza.

Uso em longo prazo ou crônico: dor óssea, perda de apetite, fraqueza muscular, perda de peso (raro), olhos ou pele amarela.

Os efeitos colaterais que geralmente não requerem atenção médica:

Estes efeitos secundários podem desaparecer durante o tratamento, mas se continuam ou são incômodos, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Mais comuns: imperícia ou instabilidade, vertigem ou tontura, efeito “ressaca”.

Outros efeitos secundários não mencionados acima podem também ocorrer em alguns pacientes. Se notar qualquer outro efeito, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Depois de parar de usar este medicamento, seu corpo vai precisar de tempo para se ajustar. Se você tomou o medicamento em doses elevadas ou por muito tempo, isso pode levar até 15 dias. Consulte o seu médico se sentir tonturas ou vertigens, crises de ansiedade, alucinações, contração muscular, náuseas ou vômitos, tremor das mãos, problemas do sono, aumento de sonhos ou pesadelos, problemas de visão ou fraqueza.