O Que é Cloranfenicol?

Cloranfenicol é utilizado para tratar infecções graves em diversas partes do corpo. Às vezes, é administrado com outros antibióticos. No entanto, o cloranfenicol pode ser usado para resfriados, gripes, outras infecções virais, dor de garganta ou outras infecções leves ou para prevenir a infecção.

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causa uma preocupação especial ou quiser mais informações sobre o seu medicamento e sua utilização, consulte o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico. Lembre-se de manter este e todos os outros medicamentos fora do alcance das crianças e nunca compartilhe seus medicamentos com outras pessoas.

Informações Importantes:

Cloranfenicol deve ser usado somente para infecções graves, nas quais outros medicamentos não funcionam.

Este medicamento pode causar alguns efeitos colaterais graves, incluindo problemas do sangue e problemas oculares. Você e seu médico devem discutir o bem que este medicamento vai fazer, bem como os riscos de usá-lo.

Informe o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico se…

  • É alérgico a algum medicamento, prescrito ou não.
  • Estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento.
    Cloranfenicol (Injetável)
  • Estiver amamentando.
  • Está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não.
  • Possui algum outro problema médico, especialmente anemia, sangramento ou doenças do fígado.
  • Sempre foi tratado com radioterapia ou medicamentos contra o câncer.

Modo de Usar:

Alguns medicamentos administrados por injeção podem também ser administrados em casa, para pacientes que não precisam estar no hospital durante todo o tempo do tratamento. Se utilizar o medicamento em casa, se certifique claramente entender e seguir as instruções do seu médico cuidadosamente.

Para ajudar a sarar completamente sua infecção, a utilização deste medicamento deve ser completa durante todo o tempo do tratamento, mesmo se você começar a se sentir melhor. Não esqueça de tomar nenhuma dose.

Se você esquecer uma dose deste medicamento, tome-a logo que possível. No entanto, se estiver quase na hora da dose seguinte, pule a dose esquecida e retome ao seu esquema posológico regular. Nada de doses duplas.

Para guardar este medicamento:

Mantenha fora do alcance das crianças. Armazene longe do calor e da luz direta. Não armazene no banheiro, perto da pia da cozinha, ou em outros lugares úmidos. Calor ou umidade podem comprometer o medicamento. Não guarde medicamentos vencidos.

Leia também: “Dor de Garganta: Causas, Sintomas e Remédios Caseiros“.

Precauções:

Se os sintomas não melhorarem dentro de alguns dias ou se agravarem, consulte o seu médico.

É muito importante que o médico verifique em visitas regulares todos os problemas que podem ser causados por este medicamento. Estes problemas podem resultar em uma maior chance de infecção nas gengivas e cicatrização lenta. Tenha cuidado ao usar uma escova de dente, fio dental ou palitos. Qualquer problema odontológico deve ser resolvido antes de começar a usar este medicamento ou ser adiada até que suas contagens de sangue tenham retornado ao normal. Consulte o seu médico ou dentista se tiver alguma dúvida.

Diabéticos:

Este medicamento pode causar resultados falso em algumas análises de açúcar na urina. Consulte o seu médico antes de mudar sua dieta ou a dose de sua medicina do diabetes.

Este medicamento não deve ser dado a terceiros ou utilizado para outras infecções, a menos que seu médico lhe tenha dito o contrário.

Efeitos Colaterais:

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados imediatamente ao seu médico:

Pare de usar este medicamento e obtenha ajuda de emergência imediatamente se você observar:

Apenas em crianças:

Raros: barriga inchada, sonolência, alteração na cor da pele, baixa temperatura corporal, respiração irregular.

Outros efeitos colaterais que devem ser comunicados imediatamente ao seu médico:

Menos comuns: febre ou dor de garganta, pele pálida, sangramento ou ferimento incomum, cansaço ou fraqueza.

Raros: visão turva, perda de visão ou dor ocular, confusão, delírio, cefaleia, dormência, formigamento, queimação, dor ou fraqueza nas mãos ou pés, erupção cutânea, febre ou dificuldade em respirar.

Alguns dos efeitos colaterais citados acima também podem ocorrer durante semanas ou meses depois de parar de utilizar o medicamento.

Outros efeitos secundários não mencionados acima podem também ocorrer em alguns pacientes. Se notar qualquer outro efeito, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.