O Que é Felodipina e Enalapril?

A combinação de enalapril e felodipina é usada para tratar a pressão arterial elevada (hipertensão).

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causa preocupação especial ou quiser mais informações sobre a sua medicação e usá-lo, consulte o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico. Lembre-se de manter este e todos os outros medicamentos fora do alcance das crianças e nunca compartilhe seus medicamentos com outras pessoas.

Informações Importantes:

Informe o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico se…

  • É alérgico a algum medicamento, prescrito ou não.
  • Estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento.
  • Estiver amamentando.
  • Está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não, especialmente os anticonvulsivantes como a fenitoína, carbamazepina, os diuréticos, fenobarbital ou substitutos ou suplementos contendo sal de potássio.
  • Tiver outros problemas médicos, especialmente doenças do coração ou dos vasos sanguíneos ou doença renal.

Posologia

Tome esta medicação exatamente como seu médico lhe orientar. Não tome mais do que o indicado.

Engula os comprimidos inteiros, sem quebrar, esmagar ou mastigar.

Felodipina e Enalapril (Oral)

Se for tomado com suco de toranja, os efeitos da felodipina podem ser aumentados. Consulte o seu médico antes de tomar com suco de toranja.

Se você esquecer uma dose deste medicamento, tome-a logo que possível. No entanto, se estiver quase na hora da dose seguinte, salte a dose esquecida e retome seu esquema posológico regular. Não tome doses duplas.

Para guardar este medicamento:

Mantenha este medicamento fora do alcance das crianças. Armazene longe do calor e da luz direta. Não armazene no banheiro, perto da pia da cozinha, ou em outros lugares úmidos. Calor ou umidade podem alterar o medicamento. Não guarde medicamentos cujo prazo de validade tenha expirado ou deixaram de ser necessários. Certifique-se de que está descartado qualquer medicamento fora do alcance das crianças.

Leia também: “Reduzir de Forma Natural a Pressão Arterial Alta“.

Precauções

É importante o seu médico verificar o seu progresso em visitas regulares.

Se você acha que pode ter engravidado, contate o seu médico imediatamente.

Este medicamento pode causar lesões graves ou morte para o feto, especialmente se usado durante o segundo e terceiro trimestres (após o primeiro trimestre) de gravidez.

Se, ao tomar este medicamento, você ficar doente com vômito ou diarreia, particularmente grave ou em curso, entre em contato com o seu médico.

Tome especial cuidado quando se exercitar ou durante o tempo muito quente. Estas condições podem causar a perda de muita água, fazendo com que, eventualmente, diminua a sua pressão arterial. Também verifique com o seu médico se notar qualquer sinal de febre, dor de garganta, calafrios, dificuldade em respirar ou inchaço da face, braços ou pernas.

Este medicamento não cura sua pressão arterial elevada, mas ajudará a controlá-la. Você deve continuar a tomá-lo – mesmo se você se sentir bem – se você pretende manter sua pressão sanguínea baixa. Você pode precisar tomar remédio para pressão alta para o resto de sua vida.

Consulte seu médico se sentir fraqueza ou tontura quando começar a tomar o medicamento.

Você pode sentir tonturas, vertigens ou desmaios após a primeira dose, especialmente se você estiver tomando um diurético.

Certifique-se de que você sabe como reage ao medicamento antes de conduzir, utilizar máquinas, ou fazer outras atividades que exijam estar alerta e lúcido.

Não tome qualquer medicação, suplementos de potássio ou substitutos do sal contendo potássio, salvo se aprovado ou prescrito pelo seu médico.

Antes de fazer qualquer cirurgia ou tratamento dentário ou de emergência, o médico ou dentista deve ser informado que você está usando este medicamento.

Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados imediatamente ao seu médico:

Raro – inchaço da face, boca, mãos ou pés; dificuldade em engolir ou respirar (súbita) acompanhado com rouquidão.

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados ao seu médico:

Menos comum – tonturas, vertigens ou desmaios, inchaço dos tornozelos e pés.
Raro- febre, calafrios, ou dor de garganta, sangramento anormal ou hematomas, os olhos ou pele amarela.

Sinais de potássio excessivo – confusão, batimentos cardíacos irregulares, nervosismo, dormência ou formigamento nas mãos, pés ou lábios, falta de ar, fraqueza ou peso das pernas.

Os efeitos colaterais que geralmente não requerem atenção médica:

Estes efeitos secundários podem desaparecer durante o tratamento, mas se continuam ou são incômodos, verifique com seu médico.

Mais comum – dor de cabeça.

Menos comum – tosse (seca contínua), vermelhidão, inchaço das gengivas, cansaço.

Outros efeitos secundários não mencionados acima podem também ocorrer em alguns pacientes. Se notar qualquer outro efeito, verifique com seu médico.