O que são fórmulas de nutrição enteral?

Fórmulas de nutrição enteral são usadas como substitutos nutricionais para os pacientes que são incapazes de obter nutrientes suficientes de suas dietas. Estas fórmulas são tomados por via oral (pela boca) ou através de um tubo de alimentação e são usadas pelo corpo para dar energia e para formar substâncias que são necessárias para o funcionamento normal do corpo.

Os doentes mais susceptíveis a necessidade de alimentação enteral, são afetados pelas seguintes condições: síndrome de imunodeficiência adquirida (SIDA), queimaduras, câncer, infecções prolongada, problemas renais, problemas hepáticos, problemas pulmonares, problemas do pâncreas, problemas de estômago, cirurgia, trauma ou vômitos prolongados.

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causarem uma preocupação especial ou quiser mais informações sobre o seu medicamento e sua utilização, consulte o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico. Lembre-se de manter este e todos os outros medicamentos fora do alcance das crianças e nunca compartilhe seus medicamentos com os outros.

Informações importantes:

Se utilizar esta fórmula de nutrição enteral sem receita médica, leia e siga atentamente o alerta que vem no rótulo.

Fórmulas de Nutrição Enteral (oral)

É preciso ter um cuidado especial se você. . .

  • é alérgico a algum medicamento, prescrito ou não;
  • estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento;
  • estiver amamentando;
  • está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não;
  • possui algum outro problema médico, especialmente no estômago ou problemas intestinais e desnutrição (grave).

Se você tiver dúvidas, consulte o seu médico, enfermeiro, nutricionista ou farmacêutico.

Posologia

Sua alimentação enteral pode ser administrada por via oral (pela boca) ou através de um tubo de alimentação. Use a quantidade recomendada pelo seu médico.

Para os pacientes que recebem nutrição enteral em forma líquida oral:

Esta preparação está pronta para uso.

Não é necessário diluir a menos que seu médico lhe diga o contrário.

Agite a preparação bem antes de abrir.

Refrigere após a abertura, mantenha fora do alcance das crianças.

A maioria das fórmulas pode ser armazenada na geladeira por 1 a 2 dias.

Verifique o rótulo do produto.

Para os pacientes que tomam essa preparação em pó:

Para misturar o medicamento, siga cuidadosamente as instruções da embalagem.

Qualquer solução que não tenha sido utilizada deve ser mantida na geladeira e fora do alcance das crianças.

A maioria das fórmulas podem ser armazenadas na geladeira por 1 a 2 dias.

Verifique o rótulo do produto.

Para armazenar o recipiente fechado:

Mantenha fora do alcance das crianças. Armazene longe do calor e da luz direta. Não armazene no banheiro, perto da pia da cozinha, ou em outros lugares úmidos. Calor ou umidade podem comprometer o medicamento. Não guarde medicamentos vencidos.

Precauções

Fórmulas enterais devem ser armazenados adequadamente para proteger contra bactérias. Fórmulas enterais devem ser usadas antes de completar 12 horas em temperatura ambiente e, em seguida, deve ser descartadas.

Se você está tomando a alimentação enteral por sonda, fórmulas enterais que são muito grossas podem entupir o tubo de alimentação. Se isso ocorrer, consulte o seu médico, enfermeiro, nutricionista ou farmacêutico.

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados ao seu médico:

Mais comuns: confusão, convulsões, diminuição da quantidade de urina, boca seca, micção freqüente, aumento da sede, batimentos cardíacos irregulares, alterações mentais ou estado de espírito, dores ou cãibras musculares, dormência ou formigamento nas mãos, pés ou lábios, falta de ar ou dificuldade em respirar, ansiedade inexplicada, cansaço ou fraqueza.

Os efeitos colaterais que geralmente não requerem atenção médica:

Mais comuns: constipação, diarreia, náuseas ou vômitos.

Outros efeitos secundários não mencionados acima podem também ocorrer em alguns doentes. Caso detecte outros efeitos, consulte o seu médico, enfermeiro, nutricionista ou farmacêutico.