Os Benefícios Das Estatinas Para O Coração Superam Os Riscos De Desenvolver Diabetes

Você tem colesterol elevado, e se preocupa que as estatinas, os medicamentos que se usam para reduzi-lo, aumentem as possibilidades de desenvolver diabetes? Ainda assim, é possível que te convenha tomá-los. De acordo com um estudo, os benefícios que te proporcionam para combater os problemas cardíacos superam o risco de contrair esta doença.

A preocupação de que os medicamentos para reduzir o colesterol, tão amplamente prescritos como Lipitor (atorvastatina), Crestor (rosuvastatina) e Zocor (sinvastatina), entre outros, aumentam o risco de desenvolver diabetes, fez com que a Administração de Drogas e Alimentos dos Estados Unidos (FDA, por sua sigla em Inglês) ordenou colocar etiquetas com a advertência na embalagem. Como resultado desta preocupação e por medo de desenvolver diabetes, muitos pacientes deixaram de tomá-los. Nesse momento, havia poucos dados para analisar não apenas os riscos dos medicamentos, mas também seus benefícios.

Mas, de acordo com pesquisadores do Brigham and Women’s Hospital, em Boston, afiliado à Universidade de Harvard, os benefícios da terapia com estatina para o coração superam qualquer aumento nas probabilidades de desenvolver diabetes, até em pessoas de maior risco. O estudo foi publicado na revista The Lancet, na edição online.

Os Benefícios das Estatinas para o Coração Superam os Riscos de Desenvolver Diabetes

Os pesquisadores usaram dados de um estudo anterior sobre quase 18.000 pacientes, cujo objetivo era descobrir se uma estatina em particular, Crestor (rosuvastatina), poderia prevenir doenças cardíacas em pacientes que não tinham sofrido antes. Este estudo revelou pela primeira vez que as estatinas têm o potencial de aumentar o risco de diabetes. Mas o estudo recentemente publicado na revista The Lancet descobriu que o risco da pessoa que tomava Crestor desenvolvesse diabetes tinha muito a ver com o risco de desenvolver diabetes que já existia na pessoa.

Leia também: "Recomendam as Estatinas Para Todos os Diabéticos".

Durante os cinco anos do estudo, os pacientes que tomaram Crestor e não tinham nenhum fator de risco para o desenvolvimento de diabetes não mostraram um maior risco de desenvolvê-la. No entanto, os pacientes que tomaram uma estatina e que já tinham um fator de risco para sofrer diabetes, tiveram um aumento de 28% no risco de desenvolvê-la. No entanto, embora as estatinas sim aumentassem o risco de diabetes nestes pacientes, diminuíram em 39% suas possibilidades de desenvolver uma doença cardíaca e em 17% suas chances de morrer.

Entre os pacientes que já tinham um alto risco de desenvolver diabetes e que tomaram a estatina, foram reduzidos os ataques cardíacos e os acidentes cardiovasculares (havia menos 134 casos). No entanto, sim, 54 novos casos de diabetes foram diagnosticados.

Os pacientes sem fatores de risco de desenvolver diabetes que tomaram estatinas tiveram uma chance 52% menor de desenvolver doenças cardíacas, e nenhuma de desenvolver diabetes. Neste grupo, houve 86 ataques cardíacos e derrames a menos entre aqueles que tomaram a estatina em comparação com aqueles que tomaram um placebo (uma pílula sem o composto ativo). Em qualquer caso, foi diagnosticado um novo caso de diabetes.

De acordo com os resultados do estudo, as estatinas podem aumentar o risco de desenvolver diabetes se o paciente já tem uma predisposição para a doença. Mas no geral, o benefício que proporcionam as estatinas supera o risco de desenvolver diabetes.

Se você deve tomar estatinas para combater o colesterol elevado e têm chances de desenvolver diabetes, tente minimizar essas probabilidades, tanto quanto possível. Entre os fatores de risco para diabetes estão os antecedentes familiares, obesidade e níveis elevados de glicose no sangue (açúcar no sangue). É verdade que você não tem nenhum controle sobre o primeiro, mas sim sobre os outros. A chave é consumir uma dieta saudável e equilibrada, fazer exercícios regularmente, verificar periodicamente o nível de açúcar no sangue e levar uma vida saudável em geral. Ainda levando em conta o risco de desenvolver diabetes, de acordo com este estudo, a terapia com estatinas em pessoas com colesterol elevado, pois proporciona grandes benefícios, já que previne as doenças cardiovasculares e os ataques cardíacos tanto em homens como em mulheres.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Confira Mais Sobre Esse Assuto