O Que é Tacrolimus?

O tacromilus pertence ao grupo de medicamentos conhecidos como imunossupressores. É usado para ajudar o corpo a aceitar o órgão transplantado. Também pode ser usado para outras circunstâncias determinadas por seu médico.

A injeção Tacrolimus é dada somente por ou sob a supervisão direta do seu médico.

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causa preocupação especial ou quiser mais informações sobre o medicamento e a sua utilização, consulte o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Informações Importantes

Converse com seu médico sobre os possíveis efeitos colaterais deste medicamento, alguns podem ser graves ou de longa duração.

Informe o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico se…

  • É alérgico a algum medicamento, prescrito ou não.
  • Estiver grávida ou se planeia engravidar durante o uso deste medicamento.
  • Estiver amamentando.
  • Estiver usando qualquer outro medicamento prescrito ou não, especialmente amilorida, ciclosporina, danazol, eritromicina, fluconazol, itraconazol, cetoconazol, rifampicina, espironolactona, triamterene ou todas as drogas que podem danificar os rins (tais como aminoglicosídeos, anfotericina B, uma droga para a inflamação ou dor (exceto narcóticos) ou vancomicina).
    Tacrolimus (Injeção)
  • Possui outros problemas médicos, especialmente câncer, varicela (incluindo a exposição recente), herpes-zoster (zona), infecção ou doença renal.

Precauções

É muito importante que o seu médico verifique o seu progresso com visitas regulares. Seu médico pode querer fazer testes de laboratório para garantir que o tacrolimus está funcionando corretamente e para verificar os efeitos indesejados.

É importante manter bons hábitos de higiene dental e consultar um dentista regularmente para fazer limpeza durante o uso de tacrolimus.

Enquanto você for tratado com esta droga, ou uma vez que o tratamento chegue ao fim, não utilize qualquer vacina sem autorização do seu médico.

O tratamento com tacrolimus pode também aumentar a possibilidade de outras infecções. Se você puder, evite o contato com pessoas que possuam outras infecções. Se você achar que tem um resfriado ou outra infecção, consulte o seu médico.

A toranja (grapefruit) pode aumentar o efeito do tacrolimus, ou seja, aumentando a quantidade de droga no organismo. Você não deve comer ou tomar suco de toranja, enquanto estiver tomando este medicamento.

Efeitos Colaterais de Tacrolimus

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados imediatamente ao seu médico:

Mais comuns – dor abdominal, sonhos anormais, agitação, ansiedade, tremores, confusão, convulsões, diarreia, tontura, febre ou dor de garganta, gripe, micção freqüente, alucinações, cefaleia, infecção, prurido; perda de apetite, depressão mental, contração ou espasmos musculares, náuseas, nervosismo, pele pálida, falta de ar, erupções cutâneas, inchaço dos pés ou pernas, cócegas, tremor nas mãos, problemas para dormir, sangramento anormal ou hematomas, cansaço ou fraqueza e vômitos.

Menos comuns – visão turva, dores no peito; aumento da sensibilidade ao toque e à dor, cãibras musculares, dormência ou dor nas pernas, zumbidos nos ouvidos e suor.

Raros – rubor da pele e na garganta, sensação de desconforto ou doença, perda de peso e sibilos.

Outros efeitos secundários não mencionados acima, podem também ocorrer em alguns pacientes. Se notar qualquer outro efeito, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.