Desde sempre ouvimos que os benefícios do exercício físico vão muito além de perder alguns quilos ou nos colocar em forma para enfrentar um teste físico como uma corrida. Talvez as mudanças e melhorias físicas sejam mais evidentes a olho nu, mas não são as únicas (e, por vezes, nem mesmo as mais importantes). Não devemos perder de vista que as vertentes do treinamento são três: físico, mental e social, e estão intimamente relacionadas entre si.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A vertente física: mudanças internas e externas:

Como mencionado, a vertente física é a mais visível e evidente de todas. E os benefícios físicos do treinamento são visíveis desde o primeiro minuto, principalmente a nível interno. Uma maior produção de endorfinas (você se recorda quando falamos sobre a euforia do corredor?), uma melhora na qualidade do sono, maior volume de consumo de oxigênio...

As Três Vertentes do Treinamento: Físico, Mental e Social

Quanto ao nível externo, os resultados demoram um pouco mais, a menos que você seja um novato total, pois nos primeiros meses de exercício físico e dieta saudável e adaptada para os seus objetivos será quando as mudanças serão mais evidentes. Nos meses posteriores o ganho de força, de massa muscular ou a definição dos músculos se tornarão visíveis gradualmente.

A vertente mental: pensar grande, agir pequeno:

Tão importante quanto o treinamento dos músculos é treinar o nosso cérebro. Quando você está treinando, seja força, corrida ou qualquer esporte, sua mente é sempre a primeira a desistir. Existe um ponto no qual pensamos "não posso mais", quando na verdade não é assim: os limites do nosso corpo estão muito além. A mente se rende, mas as pernas continuam: seu corpo vai fazer o que sua mente lhe diz para fazer, e se disser para se render, se renderá. Por isso, o treinamento mental é tão importante.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Aprender a pensar grande para agir pequeno deveria ser à base do treinamento mental e da nossa motivação. Não se trata de correr uma maratona, mas sim de ir percorrendo cada um dos quilômetros que a compõem. Não se trata de levantar 100 quilos em peso morto, mas de ir adicionando discos pouco a pouco. Não pense em construir um muro, mas em ir colocando um tijolo a cada dia da maneira mais perfeita possível.

A vertente social: motivar e compartilhar:

Para a maioria das pessoas o treinamento é um evento social, e mais do que nunca nestes tempos. Por um lado, a motivação não será a mesma coisa se treinamos sozinhos do que se fazemos na companhia de um grupo: ao treinar com mais pessoas não tendemos a pular os treinos e procuramos dar o melhor de nós mesmos.

Por outro lado, quem a essa altura não compartilha com os amigos ou familiares suas realizações pessoais no treinamento ou competição? Compartilhar faz parte do nosso estilo de vida e, portanto, do nosso treinamento.

Estas três vertentes, relacionadas entre si, fazem do treinamento um todo completo. Não se perca pelo caminho!