Apesar do oxigênio não ser considerado propriamente um nutriente, resulta vital e básico para a sobrevivência das pessoas, já que sem ele não poderíamos viver. É responsável pela produção de até 90% da energia do corpo e constitui aproximadamente 96% das necessidades nutricionais do corpo.

Você pode viver sem alimentos por semanas, sem água durante dias, mas apenas alguns poucos minutos sem oxigênio.

Vivemos em um ambiente deficiente de ar limpo devido à poluição e isso significa que não alimentamos nossas células com todo o oxigênio que necessitam nossos tecidos e fluídos corporais acumulando partículas tóxicas.

Sem oxigênio suficiente o corpo simplesmente não pode eliminar os resíduos internos, o que significa que a poluição e as toxinas se acumulam e permanecem em nosso interior, levando à degeneração e perda de vitalidade.

Por isso, não é de estranhar que os cilindros de oxigênio tenham começado a ser vendidos como suplementos e que estejam tendo uma grande recepção nos Estados Unidos e no Japão devido aos benefícios que possui para melhorar a vitalidade e o bem estar em geral.

Os sprays de oxigênio são vendidos em pequenas latas cilíndricas portáteis e são uma forma eficiente de inundar o organismo com oxigênio puro e limpo, especialmente quando mais necessitamos, como por exemplo, durante a prática desportiva, ao sentirmos ansiedade e estresse ou quando o ambiente está muito carregado.

Cilindros de Oxigênio como Suplementos

Ao entrar através dos pulmões, o oxigênio entra na corrente sanguínea em questão de segundos e chega a cada uma das células, incluindo as musculares, cerebrais e as de todos os tecidos.

Até recentemente, o oxigênio para respirar estava disponível apenas por prescrição médica e sempre devia ser administrado sob a supervisão de um médico (exceto em bares de oxigênio).

Com o surgimento dos “bares de oxigênio” e o conhecido oxigênio recreativo, este tipo de produto está disponível ao alcance do público em geral e têm podido comprovar os seus benefícios.

A aceitação deste tipo de produto por parte do público em geral, abriu um novo mercado e uma nova gama de produtos, em que o oxigênio é o principal produto. Na Espanha já existem bares com oxigênio recreativo em várias cidades e a tendência de comprar cilindros de oxigênio como suplemento está cada vez mais difundida.

Aqui está uma lista das aplicações mais populares deste novo produto:

Para os atletas

O oxigênio combina-se com glicose para criar ATP, a fonte principal de energia para os músculos. Quanto mais ATP possuem músculos, mais poderoso e explosivo será o treinamento.

Quando os músculos não recebem oxigênio suficiente para suportar o esforço, começam a produzir ácido lático e isso pode causar fadiga muscular. Quanto mais oxigênio chega aos músculos, mais lenta será a produção de ácido láctico e menor será a velocidade da fadiga muscular.

O oxigênio é necessário para o corpo metabolizar o ácido láctico no fígado após o exercício. Quanto mais oxigênio entra no corpo após o exercício, mais rápido se recuperam os músculos.

A conclusão é que o oxigênio pode afetar todos os aspectos de desempenho de um atleta: potência e explosão; resistência; acúmulo de ácido láctico; a intensidade do treinamento; capacidade de formação; recuperação; clareza mental e concentração.

Para tratar a ressaca

As terapias de oxigênio e tratamentos são muito populares entre os americanos e o último uso popular para o oxigênio é como um remédio para tratar a ressaca.

O consumo de álcool causa hipoxia, um estado de deficiência de oxigênio no cérebro e que prejudica a capacidade do cérebro para utilizar o oxigênio.

Embora acredite-se que a ressaca é causada principalmente por desidratação, esta privação de oxigênio é também um fator importante. A capacidade do oxigênio de suplementar para limpar a mente, desintoxicar o sangue e aumentar a energia do corpo tem sido relatada para ajudar a eliminar os sintomas associados com terríveis ressacas, incluindo dores de cabeça, fadiga e náusea.

Para os idosos

À medida que envelhecemos, a nossa capacidade pulmonar diminui a respiração não é tão profunda, o nosso coração não bombeia tão forte, o nosso sangue é incapaz de transportar oxigênio e nossa circulação se vê comprometida devido ao bloqueio dos vasos sanguíneos.

Em média, perdemos nossa capacidade de transportar e fornecer oxigênio em 1% por ano. Durante um período de tempo de 50-60 anos, isso pode ter um impacto dramático sobre a qualidade da nossa vida.

É por isso que o oxigênio pode ajudar a melhorar as três áreas principais para pessoas idosas: a vitalidade, a energia e a função cerebral.

Para aliviar o estresse

O estresse vem em muitas formas, as quais podem ser debilitantes: o estresse emocional, o estresse físico, o estresse tóxico e o estresse patogênico. O estresse pode causar dores de cabeça, tensão muscular, fadiga, alterações de humor, aumento das taxas cardíacas ou incapacidade de concentração, entre outros efeitos nocivos.

Todas as formas de estresse podem afetar a capacidade do corpo para absorver e utilizar oxigênio, o nutriente mais importante para o corpo.

Qual é a primeira coisa que te dizem quando você está estressado? Respire! Por quê? Porque a respiração leva oxigênio para o seu corpo… E mais oxigênio no corpo ajuda a lidar com o estresse!

Os praticantes de Yoga, Pilates, Tai Chi, meditação e relaxamento, entre outros exercícios se concentram na respiração. Todos eles se baseiam na premissa de que a maximização do consumo de oxigênio mantém os músculos relaxados, a mente clara e focada.

Para melhorar a capacidade cerebral

O cérebro é o órgão mais importante do corpo humano. Controla tudo!

Uma dose de oxigênio puro demonstrou melhorar o desempenho mental e a recuperação da memória em adultos saudáveis ativos em vários estudos clínicos. Diz o Dr. Andrew Scholey, Divisão de Psicologia da Universidade de Northumbria.

O cérebro utiliza aproximadamente 20% da oferta de oxigênio do corpo. Em comparação com outros tipos de células, as células do cérebro são especialmente sensíveis à hipoxia, e rapidamente começam a morrer quando privadas de oxigênio. Quando o cérebro não recebe oxigênio suficiente, pode ocorrer uma falta de concentração, fraqueza nas habilidades motoras, perda de memória, falta de julgamento, tonturas, alterações de humor, agitação.

Em média, perdemos nossa capacidade de transportar e fornecer oxigênio em 1% por ano depois dos 20 anos de idade. Sabendo disso, não é nenhuma coincidência que a função cerebral seja reduzida mais rapidamente à medida que envelhecemos. Se o sangue não transporta oxigênio suficiente para o cérebro, este deixa de funcionar no seu melhor desempenho. Quanto mais oxigênio se fornece ao cérebro, melhor funciona o cérebro.

Considerações

Antes de utilizar o cilindro de oxigênio, leia muito bem as instruções e a forma de utilização, os cilindros de oxigênio não são para uso médico e não pretendem tratar, curar ou prevenir qualquer doença.

Não deve ser usado se você sofre de asma ou doenças pulmonares ou cardíacas sem a aprovação de um médico. Nunca deve ser usado em qualquer emergência médica. Antes de utilizar um spray de oxigênio deve-se consultar um médico.